FPA – Análise de Mídia – 31_07

FPA – Análise de Mídia – 31_07

31 de julho de 2020 Off Por Ray Santos

Deputado João Campos no destaque (PSB-PE)

– Globo Rural destaca que o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na quarta-feira (29/7), a Medida Provisória 944/20 que cria o Programa Emergencial de Suporte a Empregos durante o período de pandemia de coronavírus no Brasil. A proposta, que teve como relator o deputado Zé Vitor (PL-MG), inclui o produtor rural e segue agora para a sanção do Presidente Jair Bolsonaro. Leia +: https://glo.bo/2D9f8c3

– Uol, repercute Estadão Conteúdo, divulga que após revelações feitas pela Repórter Brasil e da Agência Pública, o comitê de ética da Unicamp suspendeu pesquisa conduzida em laboratório da Faculdade de Ciências Farmacêuticas que estava sendo usada para liberar o uso de agrotóxico letal.  A reportagem denunciou que, antes mesmo de ser concluída, a pesquisa era peça central do lobby da bancada ruralista para reverter a proibição do paraquate. Leia +: https://bit.ly/3gfHzmQ

– Valor Econômico informa que em seu novo estudo, “The Bio Revolution”, o Instituto Global McKinsey aborda como a combinação e os avanços das ciências biológicas e da computação alimentam uma nova onda de inovações. Entre os setores mais beneficiados por técnicas de biotecnologia, processamento de dados e inteligência artificial está o agronegócio. Leia +: https://glo.bo/3hXXBT1

– Folha de S. Paulo fala que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que a grande quantidade de atos sobre meio ambiente publicados durante a pandemia do novo coronavírus tiveram o objetivo de “modernizar” as normas regulatórias. Reportagem da Folha mostrou que o governo federal publicou 195 atos no Diário Oficial —entre portarias, instruções normativas, decretos e outras normas— relacionados ao tema ambiental entre março e maio, meses de avanço da epidemia da Covid-19. Leia +: https://bit.ly/2BMKDrN

– Estadão diz que as mudanças climáticas não tornem o planeta inóspito ao ser humano, os países precisam reduzir suas emissões de gases de efeito estufa (GEE), o que requer uma eficiente transição para uma economia de baixo carbono. O setor agrícola, neste cenário, tem o desafio duplo de atender às demandas crescentes por alimentos e, ao mesmo tempo, investir em práticas que recuperem o solo e reduzam a concentração de CO2 na atmosfera. Jornal Impresso

– Valor Econômico diz que o Conselho Monetário Nacional (CMN) estendeu até 15 de dezembro a prorrogação de parcelas de crédito rural como forma de mitigar os efeitos da pandemia. Antes, o prazo era até 15 de agosto para prestações vencidas ou vincendas do início do ano até o dia anterior à data limite. Leia +: https://glo.bo/2XfLGIb

– Agência Brasil fala que os agricultores familiares prejudicados pelo ciclone que atingiu a Região Sul no fim de junho terão os juros do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) reduzidos. O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou que esses produtores acessem as linhas de crédito com juros de 2,75% ao ano, as taxas mais baixas cobradas no programa. Leia +: https://bit.ly/2D5VP3h

– Valor Econômico diz que sete pessoas foram condenadas e cinco absolvidas em processo derivado na Operação Carne Fraca, que desarticulou esquema de corrupção e cobrança de propina envolvendo frigoríficos e funcionários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, desde 2017. Cinco servidores públicos foram condenados à perda do cargo. A sentença, do juiz Ricardo Rachid de Oliveira, da 14ª Vara Federal de Curitiba, é a sexta decorrente das investigações da operação. Leia +: https://glo.bo/2P9e5ew

– IstoÉ, repercute Estadão Conteúdo, e fala que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, assina nesta sexta-feira (31) portaria que institui a consulta pública destinada a colher sugestões para a finalização do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, o Planares. A consulta pública ficará aberta até 30 de setembro. Leia +: https://bit.ly/2EDgg8c

– Uol, repercute Estadão Conteúdo, e diz que uma cartilha com dados e informações sobre o processo de regularização fundiária na Amazônia acaba de ser desenvolvida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). De acordo com comunicado do Ministério da Agricultura, o programa vai beneficiar 147 mil pequenos produtores instalados na Amazônia que têm a posse da terra e aguardam há décadas, pelo menos 30 anos, pelo título definitivo. Leia +: https://bit.ly/3gh4zSz

– Painel, da Folha de S. Paulo, noticia que o Facebook decidiu que não cumprirá a determinação de Alexandre de Moraes desta quinta-feira (30) e não tirará do ar internacionalmente os perfis de bolsonaristas que são alvos do inquérito das fake news no momento. A empresa recorrerá ao plenário do STF e, enquanto isso, manterá as contas no ar fora do Brasil. Leia +: https://bit.ly/3ghSoVD

– Coluna do Estadão fala que ao menos três projetos de lei discutem a criação de quarentena para juízes e promotores que queiram disputar eleições, tese defendida anteontem pelos presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Advogados que analisaram as propostas a pedido do Estadão se dividem sobre a possibilidade de que, caso seja aprovada, a regra impeça o ex-ministro Sérgio Moro de ser candidato à Presidência. Leia +: https://bit.ly/2PpwR1z

– Valor Econômico diz que um dos exemplos mais emblemáticos da divisão das esquerdas é o de Recife, em que o PSB vai lançar a candidatura do deputado federal João Campos, filho de Eduardo Campos, e enfrentará os colegas parlamentares Marília Arraes (PT) e Túlio Gadelha (PDT). O PCdoB optou pelo apoio a Campos. Leia +: https://glo.bo/3floZZ7

Assessoria de Comunicação
+55 61 3248-4682 | +55 61 3263-1717
fpa.imprensa@gmail.com | www.fpagropecuaria.org.br