Polícia Militar Ambiental de Rio Negro usa GPS para localização de 10 hectares de vegetação desmatada ilegalmente e autua campo-grandense em R$ 10 mil

Polícia Militar Ambiental de Rio Negro usa GPS para localização de 10 hectares de vegetação desmatada ilegalmente e autua campo-grandense em R$ 10 mil

2 de agosto de 2020 Off Por Ray Santos

Campo Grande (MS) – Com uso de GPS, Policiais Militares Ambientais de Rio Negro realizaram fiscalização em uma fazenda no município de Corguinho ontem (1) e localizaram, aferiram e caracterizaram o uso do solo atual, de um desmatamento de 10 hectares de vegetação nativa realizado sem a licença ambiental, verificado por imagem de satélites e ocorrido no ano de 2017 em técnica de sobreposição de imagens.

A área já estava com plantio de pastagem e criação de gado e a madeira proveniente da vegetação desmatada não se encontrava mais no local. Apesar de gado no local a área já estava em regeneração.

As atividades foram interditadas e o infrator (68), residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 10.000,00. Ele também responderá por crime ambiental com pena de três a seis meses de detenção. O infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500