Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas autua comerciante em R$ 4,8 mil por armazenamento e exploração de madeira ilegalmente

Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas autua comerciante em R$ 4,8 mil por armazenamento e exploração de madeira ilegalmente

22 de novembro de 2020 Off Por Ray Santos

Campo Grande (MS) – Policiais Ambientais de Três Lagoas receberam denúncias, de que um comerciante estaria derrubando árvores e serrando a madeira ilegalmente e armazenando no terreno de um bar que possui no município, na região conhecida como Batuíra, à margem da rodovia MS 320, a cerca de 70 km da cidade. Uma equipe foi ao local ontem (21) e encontrou a madeira das espécies angico e faveiro em formato de estacas para cercas armazenada ilegalmente.

O infrator afirmou ter contratado uma pessoa que explorara a madeira com uso de motosserra, mas que não o conhecia e informou que o material ilegal fora retirado à margem da rodovia, porém, a denúncia que chegou a PMA é que teria sido retirado de propriedades alheias nas proximidades, especialmente as arrendadas para plantação de eucaliptos, fator que não altera a ocorrência com relação ao crime ambiental.

Os policiais apreenderam 16 m³ de madeira que era armazenada sem o Documento de Origem Florestal (DOF). O DOF é o documento do órgão ambiental para se ter em depósito, beneficiar ou transportar qualquer produto florestal. O infrator, residente em Três Lagoas, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 4.800,00. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500