19ª Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoa Havaiana será neste sábado

19ª Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoa Havaiana será neste sábado

24 de março de 2022 Off Por Danielsuzumura
Compartilhar

PROVA TERÁ LARGADA EM SANTOS COM 21 EQUIPES E HOMENAGEM A MARK LUND

O Desafio Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoa Havaiana, uma das principais provas da modalidade no Brasil, chega à sua 19ª edição neste sábado (26), com largada e chegada em Santos. A tradicional disputa – que passa por três cidades do litoral paulista – terá 21 equipes remando por 75 quilômetros ininterruptos, no mar, entre costeiras e trechos mais distantes do continente, no Rio (canal de Bertioga), com baixios, e no Porto, apresentando cenários variados.

A largada está marcada para 8 horas na Praia da Aparecida, em Santos, mesmo local da chegada. De lá, as equipes costeiam Guarujá, até o Forte de Bertioga, onde passam a remar pelo Canal até o Porto e depois chegar no ponto de partida. Cada equipe contará com nove atletas, se revezando entre os seis que remam na canoa, sempre acompanhada por um barco de apoio para que sejam realizadas as trocas, conforme a estratégia definida.

O idealizador e organizador do evento e, sem dúvida, um dos maiores entusiastas da canoa havaiana no Brasil, Fábio Paiva, fala com propriedade sobre a disputa, com suas particularidades. “É uma prova fantástica, que considero a mais difícil do Brasil, porque é dinâmica, com o revezamento de três em três atletas, que acabam remando, cada um, em torno de 54 km em ritmo forte”, diz Paiva.

HOMENAGEM – Ele lembra que antes das equipes irem para o mar, às 7h30, será realizada a tradicional ‘roda de energia’, reunindo os competidores. Também será realizada uma homenagem ao empresário Mark Lund, um grande incentivador da cultura havaiana no Brasil, como parte do Dia Municipal da Canoa Havaiana, aprovada pela Câmara Municipal, por iniciativa do vereador Ruy de Rosis.

“O Mark, sem dúvida, simboliza o espírito Aloha que sempre buscamos. Será uma homenagem a quem sempre enalteceu essa cultura. Santos é a única cidade que tem o Dia da Canoa Havaiana no calendário oficial e comemorado sempre no dia do evento. A modalidade já está inserida na comunidade”, ressalta Fábio Paiva.

Americano radicado no Brasil, Mark Lund é um grande conhecedor da cultura havaiana e ficou lisonjeado por ser lembrado no evento. “A homenagem é para essa cultura milenar, que é a havaiana, expressa em canoas, no surf, no hula, na linguagem. Fui dez vezes ao Havaí conhecer o esporte e a cultura e vi toda a importância que a canoagem tem para o povo havaiano até hoje”, fala Mark, que promovia um grande evento na Praia de Maresias, com seu famoso bar temático Legends.

Ele lembra que entre os convidados esteve o havaiano Fred Hemmings, primeiro campeão mundial de surf e um grande remador de canoa também. “No meu evento queria mostrar a grandiosidade da cultura havaiana e fiz uma regata de canoas havaianas com ajuda do Fábio Paiva. Naquela época, via o esporte sendo mais um expoente da cultura havaiana aqui”, recorda.

“O crescimento é inevitável, infalível, garantido, porque reforça valores de união que estão presentes nesse calor humano brasileiro. A canoa serve de ferramenta perfeita para trabalhar esses valores”, reforça. “Esse sucesso não me surpreende, porque pessoas com o Fábio estão plantando essa semente há duas décadas”, elogia Mark, que aos 69 anos dá aula de educação executiva na FGV e virou case em Harvard por sua jornada empreendedora por seus negócios a Le Moussier e o Legends, que montou na praia para buscar seu sonho.

A arena para a largada e chegada e também a homenagem será montada na Praia da Aparecida em frente ao Colégio Escolástica Rosa. A chegada da equipe campeã está prevista para 14h10.

A 19ª Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoa Havaiana tem o patrocínio de DP World, através do Promifae/Semes, e copatrocínio da Opium Caiaques e Canoas. Apoios: Panificadora Rainha da Barra, Baraçaí, Secretaria Municipal de Esportes de Santos/Prefeitura de Santos, TV Tribuna e FMA Notícias. Organização da Canoa Brasil, com supervisão da Abracha – Associação Brasileira de Canoa Havaiana.

FMA Notícias


Compartilhar