Polícia Civil cumpre 28 mandados de busca e prisão contra grupo criminoso que operava estelionatos no RS

Polícia Civil cumpre 28 mandados de busca e prisão contra grupo criminoso que operava estelionatos no RS

30 de maio de 2024 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Durante as buscas, foram realizadas 14 prisões, sendo 13 preventivas e uma temporária. Além disso, diversos itens relacionados aos crimes foram apreendidos, incluindo telefones, computadores, TVs, smartwatches, cartões bancários, produtos de limpeza e higiene, entre outros.

Por: José Souza 

30 mai 2024 – 11h24
Compartilhar
Exibir comentários

A Polícia Civil executou, nesta quarta-feira (29), uma série de ações visando desmantelar um grupo criminoso que, além de tráfico de drogas, estava envolvido em estelionatos em todo o Estado do Rio Grande do Sul. A operação, denominada Salmo 23 e iniciada em maio de 2023, resultou no cumprimento de 28 mandados de busca e prisão nas cidades de Gravataí e Cachoeirinha.
Foto: Polícia Civil / Divulgação / Porto Alegre 24 horas

Os criminosos, que já estavam sendo monitorados pelas autoridades, agiam principalmente por meio da plataforma conhecida de vendas, visando anúncios de venda de produtos eletrônicos como televisores, notebooks, tablets e smartphones. Após estabelecerem contato com os vendedores e demonstrarem interesse nos produtos, os golpistas enviavam comprovantes de pagamento falsos, enganando as vítimas.
Notícias relacionadas
Foto: Reprodução/TV Globo
Pagamento proposto por assassinato de Marielle era um loteamento clandestino que valeria R$ 100 milhões, afirma Ronnie Lessa
Reprodução Foto: Banda B
Jovem atingida por soda cáustica apresenta melhora, mas segue na UTI sem previsão de alta
Nikolas Ferreira Foto: Bruno Spada/Agência Câmara / Estadão
Nikolas Ferreira ataca Craque Neto após se pronunciar contra a participação de Bolsonaro em evento

Durante as buscas, foram realizadas 14 prisões, sendo 13 preventivas e uma temporária. Além disso, diversos itens relacionados aos crimes foram apreendidos, incluindo telefones, computadores, TVs, smartwatches, cartões bancários, produtos de limpeza e higiene, entre outros.

Os estelionatos perpetrados pelo grupo resultaram em um prejuízo aproximado de R$ 720 mil ao ano às vítimas, com uma média de R$ 60 mil por mês. As investigações, que começaram com a prisão de três indivíduos por tráfico de drogas em maio de 2023, revelaram um esquema robusto de fraudes que envolvia pelo menos 130 ocorrências em todo o Estado.

As ações criminosas não só afetaram cidades da Região Metropolitana, como Gravataí, Sapucaia do Sul, Porto Alegre, Novo Hamburgo, entre outras, mas também se estenderam a municípios do interior, como Santo Antônio da Patrulha, Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Pelotas, Santa Maria, entre outros. O trabalho das autoridades segue com o objetivo de responsabilizar os envolvidos e garantir justiça às vítimas.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!
Porto Alegre 24 horas

https://www.terra.com.br/noticias/brasil/cidades/policia-civil-cumpre-28-mandados-de-busca-e-prisao-contra-grupo-criminoso-que-operava-estelionatos-no-rs,7dd802e0c5eddb6978c509161fab4362ploxs91d.html?utm_source=clipboard

Compartilhar