ACHADO DE CORPO | CAMPO GRANDE (MS) Perita da Polícia Civil, Viviane é achada morta no quarto de motel em Campo Grande

26 de janeiro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Servidora era Perito Papiloscopista em Corumbá (MS)

Por TERO QUEIROZ – 24/01/22 às 16H21 atualizado em 24/01/22 às 16H50

Perícia em frente a motel onde perita foi encontrada sem vida. A foto é do Marcos Maluf, a serviço do Campo Grande News

Viviane Jesus de Souza, de 35 anos, foi encontrada morta às 8h30 desta segunda-feira (24.jan.22) em um quarto do motel e pousada Pacari, na Rua Paulo Tognini, no Jardim Paulista, em Campo Grande (MS). Viviane era Perita da Polícia Civil e trabalhava em Corumbá (MS).

Segundo o boletim de ocorrência, Viviane foi encontrada sem vida em um dos quartos. Ela estava sozinha. Ao lado do corpo estava a arma da servidora. A arma foi apreendida pela Polícia Civil.  

O Delegado de Polícia Nilson Friedrich esteve no local, onde uma testemunha disse que Viviane chegou ao motel às 17h07min do dia 22/01/2022.

Logo depois, segundo a testemunha, Viviane deixou o motel dizendo que iria levar uma “caixa ao trabalho”, mas que logo retornaria, por isso queria deixar o quarto pago. Assim, ela acertou a pernoite e uma hora depois retornou entrando no local desacompanhada. 

Porém, no mesmo sábado (22.jan.) por volta das 22h um homem em uma motocicleta pediu para entrar no local e a entrada foi permitida por Viviane. O homem foi embora às 09h30min do dia seguinte, onde, novamente fora solicitada a autorização de sua saída e a vítima prontamente deu a autorização. Conforme a testemunha, esse foi o último contato com Viviane.

Viviane assumiu o concurso em 01/05/2017 e seguiria até 30/04/2022. Ela possuía graduação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2008) e especialização em Gestão em Segurança Pública pela Unilins (2013). Atualmente era Perito Papiloscopista da Polícia Civil – MS. Tem experiência na área de Direito.

O caso foi registrado na 4ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande (4ª-DP) como morte a esclarecer. 

SERVIDORES

Na última semana, outros dois servidores da Segurança Pública de Mato Grosso do Sul e de Campo Grande foram encontrados mortos em Campo Grande.

Neiton de Assis Alves Paiva, de 38 anos, ex-guarda municipal, foi encontrado morto em casa.

O 1º tenente Edison Henrique Yamamoto Thomaz, de 31 anos, da Polícia Militar, foi encontrado no quarto de um hotel no Centro, na Avenida Calógeras. Mostramos esse caso aqui no MS Notícias


Compartilhar