Alta produtividade garante aumento na produção do café arábica no estado de SP

Alta produtividade garante aumento na produção do café arábica no estado de SP

21 de setembro de 2023 Off Por Marco Murilo Oliveira
Compartilhar

Produção cafeeira no estado de São Paulo deve chegar a 5 milhões de sacas do arábica, de acordo com o 3º Levantamento da Safra de Café 2023

A produção cafeeira no estado de São Paulo deve chegar a 5 milhões de sacas do arábica, de acordo com o 3º Levantamento da Safra de Café 2023, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quarta-feira (20/09). O número representa um crescimento de 14,7% em comparação ao obtido em 2022. Mesmo em ano de bienalidade negativa, o bom resultado deve-se à recuperação da produtividade, que nas últimas safras foi bastante afetada pelas condições climáticas desfavoráveis.

Segundo o boletim, a colheita de café está em fase final no estado, com conclusão prevista ainda para este mês de setembro. O documento destaca ainda que a safra paulista vem apresentando boas perspectivas para a produtividade mesmo com algumas oscilações climáticas em parte do ciclo, uma vez que as condições gerais têm sido melhores do que na temporada passada, especialmente no aspecto pluviométrico e nas temperaturas médias, sinalizando recuperação da cultura depois de uma série de intempéries nos últimos dois anos.

O levantamento aponta também que as lavouras de café que sofreram com as intempéries climáticas significativas que ocorreram na safra 2021, e que prejudicaram inclusive a safra 2022, podem ter recuperado seu potencial produtivo a partir desse ciclo, depois da normalização do padrão climático por um período mais consistente.

Quanto à área em produção, há redução em comparação a 2022, principalmente pela erradicação de lavouras mais velhas e por aquelas afetadas pelas intempéries climáticas dos dois últimos ciclos, que passaram por manejos de recuperação. Assim, mesmo com uma recuperação no potencial produtivo, ainda se espera um ciclo como de bienalidade negativa, mantendo o planejamento de ampliar a renovação de lavouras (aumento na área em formação) e reduzir a área em produção, justamente para potencializar a próxima temporada.

Armazém Estratégico

A Unidade Armazenadora da Conab no município de Garça/SP, localizada em uma região estratégica do polo produtor de café no estado de São Paulo, atualmente atende agricultores das cidades de Garça, Marília, Gália, Fernão, Guarantã, Vera Cruz, Duartina, Álvaro de Carvalho, Alvinlândia, Lupércio, Júlio de Mesquita, Guaimbê, Ocauçu, Cabrália Paulista e Lucianópolis.

A unidade possui atualmente valor fiscal de mais de R$ 170 milhões em produtos estocados, chegando a atender 130 produtores rurais em um único mês. Hoje, o armazém guarda 150 mil sacas de café, 10 mil sacas de soja e 570 sacas de milho, lembrando que devido à safra de café, recebem cerca de 2.500 sacas de café por dia. Com isso, pode se tornar o primeiro armazém da cidade a atingir a capacidade máxima, caso o ritmo se mantenha. O local comporta aproximadamente 200 mil sacas, e em meio a safra 2022/ 2023 já alcançou a marca de 80 % de sua capacidade total, o que reforça a importância e o papel da Conab na região.

Além dos serviços de armazenagem, a UA participa fortemente junto aos produtores e também colabora anualmente com o concurso de qualidade do café da região de Garça, além de ter participado ativamente para o marco histórico da cidade em conseguir o IG (certificação de Indicação Geográfica), garantindo a qualidade no campo e na armazenagem dos cafés colhidos na região. O Conselho do Café da Região de Garça (Congarça) exige inclusive que os cafés sejam direcionados à Conab, devido aos padrões de qualidade e controle utilizados.

Cabe destacar que, neste ano, cerca de 90% dos produtores deixaram  de utilizar a saca de juta de 60 kg e passaram a usar big bags de mil quilos, devido à maior economia e facilidade de manejo que o sistema apresenta.

Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)


Compartilhar