Ânima (ANIM3) registra crescimento de margem EBITDA ajustado LTM pelo 13º trimestre consecutivo: R$611,7 milhões e margem de 33,7%

17 de agosto de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Ticket médio líquido apresenta crescimento e evasão da graduação presencial permanece estável apesar de cenário adverso

São Paulo, 17 de agosto do ano 2022 – A Ânima Holding S.A (B3: ANIM3) divulgou nesta segunda-feira (15) os resultados financeiros do 2º trimestre de 2022 (2T22) e 1º semestre de 2022 (1S22), que apontam EBITDA ajustado de R$ 611,7 milhões, com margem de 33,7% – crescendo 3,4 pontos percentuais em relação ao 1S21, no 13º trimestre consecutivo de evolução positiva desse indicador. A evasão da graduação presencial se mostra estável se comparada aos anos anteriores: 6,1% ante 5,7% no 2T21 e 6,5% no 2T20, apesar do ambiente macro desafiador.

A receita líquida da companhia alcançou R$ 1,8 bilhão no 1S22, enquanto a geração de caixa livre ficou em R$ 360,9 milhões, equivalente a 59% do EBITDA ajustado. O lucro líquido ajustado, por sua vez, atingiu R$ 27 milhões.

“Este é o 13º semestre seguido que registramos crescimento de nossa margem operacional. Embora saibamos dos desafios que o ambiente macroeconômico nos impõe, estamos orgulhosos com a evolução dos nossos resultados operacionais ao longo dos últimos meses. Seguimos atentos às oportunidades de geração de valor com movimentos estratégicos que possam acelerar o processo de desalavancagem”, afirma André Tavares, CFO da Ânima.

A base de alunos do Ensino Acadêmico totalizou 394,1 mil alunos e o ticket médio líquido apresentou crescimento real nos segmentos Ânima Core e Inspirali, coerente com a estratégia da companhia de posicionamento de qualidade superior nessas unidades. Já o ensino digital permanece como driver de crescimento, com a base de alunos tendo crescido 40% na comparação ano a ano.

Para Tavares, o cenário econômico para o setor educacional permanece desafiador. “Mesmo com o momento preocupante, nossos números comprovam os valores corporativos e a consistência da Ânima. Com foco e disciplina, seguiremos criando valor a todos os nossos stakeholders”, finaliza André Tavares.

“Completamos recentemente 13 meses da aquisição dos ativos da Laureate no Brasil. Trimestre após trimestre temos apresentado crescimento consistente em diversos indicadores e evoluído de maneira cautelosa e otimista em relação ao próximo semestre do ano. Continuaremos firmes em nosso propósito em transformar o país pela educação, entregando um ensino de qualidade e acessível a todos”, finaliza Tavares.

Sobre a Ânima Educação

Com o propósito de transformar o Brasil pela educação, a Ânima é o maior e o mais inovador ecossistema de ensino de qualidade do país, com um portfólio de marcas valiosas e um dos principais players de educação continuada na área médica. A companhia é formada por uma comunidade de aprendizagem com mais de 400 mil pessoas, composta por mais de 394 mil estudantes e cerca de 18 mil educadores, distribuídos em 18 instituições de ensino superior e em mais de 570 polos educacionais por todo o Brasil. Integradas também ao Ecossistema Ânima estão marcas especialistas em suas áreas de atuação, como HSM, HSM University, EBRADI (Escola Brasileira de Direito), Le Cordon Bleu (SP), SingularityU Brazil, Inspirali e Learning Village, primeiro hub de inovação e educação da América Latina, além do Instituto Ânima.

Em 2022, a Ânima foi um dos destaques do Prêmio Valor Inovação – parceria do jornal Valor Econômico e a Strategy&, consultoria estratégica da PwC – figurando no ranking de empresas mais inovadoras do Brasil no setor de educação. Além disso, o CEO, Marcelo Battistela Bueno, foi premiado como Executivo de Valor, no setor de Educação, no Prêmio Executivo de Valor 2022, que elege os gestores que se destacaram à frente de empresas e organizações. A companhia também se destacou no Finance & Law Summit Awards – FILASA, em 2022, como Melhor Departamento de Compliance. Em 2021, a organização educacional foi destaque no Guia ESG da revista Exame como uma das vencedoras na categoria Educação. Desde 2013, a companhia está na Bolsa de Valores, no segmento de Novo Mercado, considerado o de mais elevado grau de governança corporativa.

GBR Com,.


Compartilhar