Asilo São João Bosco compra equipamentos e contrata serviço com recurso enviado pela senadora Soraya Thronicke

4 de abril de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Com quase 100 anos de operação em Campo Grande (MS), atendendo idosos de várias partes de Mato Grosso do Sul e até de outros Estados, o Asilo São João Bosco ressalta a parceria com a senadora Soraya Thronicke (União-MS), que destinou para a instituição uma emenda parlamentar no valor de R$ 100 mil. Segundo a superintendente-executiva da instituição, Cléo Shamah, a ajuda da parlamentar sul-mato-grossense contribuiu para a aquisição de aparelhos de TV para os idosos, além da contratação de serviço de fonoaudiologia para atender no Asilo São João Bosco.

“Agradeço à senadora Soraya Thronicke por ter nos contemplado com uma emenda no valor de R$ 100 mil. Esse recurso foi muito importante para a nossa instituição, pois nos permitiu adquirir vários aparelhos de TV para instalar nos quartos dos nossos idosos e dois aparelhos de 65 polegadas para serem colocados nas salas de TV da ala masculina e da ala feminina”, destacou Cléo Shamah, acrescentando que o dinheiro também permitiu a contratação de uma fonoaudióloga para trabalhar por um ano no local.

“Muito obrigada senadora e quero dizer que estamos de portas abertas para recebê-la. Somos uma instituição que acolhe 80 idosos e, em 2023, vamos completar 100 anos de existência. O Asilo São João Bosco faz a sua parte, desenvolvendo a sua missão ao longo de quase um século. Todos nós agradecemos muito à senadora e esperamos contar com a ajuda da senhora novamente neste ano de 2022”, pontuou a superintendente-executiva do Asilo São João Bosco.

Segundo a senadora Soraya Thronicke, durante seu mandato tem priorizado ajudar as entidades de assistência social de Mato Grosso do Sul. “Mesmo com o cobertor financeiro curto, vou apertando e priorizando todas aquelas entidades que têm feito um trabalho sério e transparente. Por isso, procuro ajudar no custeio e com investimento, pois, quando a gente se compromete, temos de fazer chegar o recurso até as mãos da entidade contemplada”, declarou.

Breve histórico

A instituição nasceu em 1923 por iniciativa do Dr. Adalberto Barreto e um grupo de homens de boa vontade que fundaram a Conferência Vicentina Nossa Senhora das Vitórias, sendo um de seus principais objetivos assistir os idosos carentes e desamparados. Graças a eles e à doação por parte da família Franco Baís de um terreno na Rua 26 de Agosto, a história do Asilo São João Bosco teve início.

No começo, segundo Cléo Shamah, as dependências acomodavam 50 idosos, mas já no fim da década de 1930 já eram 90 idosos. Em 1940, entraram para o serviço voluntário do Asilo as irmãs de Caridade Jesus Adolescente e, em 1968, a diretoria recebeu da Prefeitura Municipal de Campo Grande a doação de um terreno no Bairro Tiradentes. Com a ajuda da população, do comércio e de diversos profissionais liberais, em 1976 foi inaugurada a sede definitiva do Asilo São João Bosco.

Em 1979, foi aberto um novo pavilhão, possibilitando a separação das acomodações para homens e mulheres, enquanto em 1982  foram entregues a capela e a residência para as irmãs da Congregação Passionistas, que, por meio de convênio, passaram a coordenar os trabalhos internos. De acordo com a superintendente, nesses quase 100 anos, o Asilo São João Bosco continua firme na sua missão de promover, resgatar, restaurar e defender a dignidade de seus assistidos, através de um serviço que considere a pessoa idosa em todas as suas dimensões biológica, psicológica, social e espiritual.

“Oferecemos aos idosos em estado de vulnerabilidade diversos serviços, como nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, pedagogos e atividades lúdicas em regime integral, sempre de acordo com suas necessidades, priorizando, sempre que possível, o vínculo familiar e a integração com a comunidade”, reforçou Cléo Shamah.

Assessoria de Imprensa Senadora Soraya Thronicke


Compartilhar