Com apoio da Fundação Voith Brasil, projeto idealizado pelo maestro João Carlos Martins transforma vidas no Jaraguá

9 de março de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

·         Projeto “A Música Venceu”, da Fundação Bachiana, é ministrado pelo professor Fellipe Santarelli dentro da Escola Estadual Friedrich von Voith

·         Alunos da região são aprovados em tradicional concurso da EMESP, no centro de São Paulo

·         Maestro envia mensagem especial comemorando o desempenho dos alunos

SÃO PAULO, Brasil – Os estudantes da Escola Estadual Friedrich von Voith, localizada no bairro do Jaraguá, zona noroeste da capital paulista, têm visto suas vidas serem transformadas há mais de 15 anos por meio da música.

Apoiado pela Fundação Voith Brasil, o projeto “A Música Venceu”, da Fundação Bachiana, foi idealizado pelo maestro João Carlos Martins e é liderado pelo professor Fellipe Santarelli. Atualmente, a iniciativa conta com cerca de 40 alunos e já rendeu diversos frutos para a comunidade.

Sete alunos deste projeto de musicalização se apresentaram como solistas da Orquestra Bachiana Filarmônica em um concerto na cidade de São Paulo, em outubro do ano passado. Destes, quatro se inscreveram no Concurso da EMESP (Escola de Música do Estado de São Paulo Tom Jobim), e a boa notícia veio: três foram aprovados de forma direta e um ficou como suplente. Ao todo, os alunos do Polo de Música do Jaraguá disputaram com mais de 300 estudantes e passaram entre os 30 primeiros.

“Acompanhar a evolução dos alunos é incrível, é maravilhoso perceber como a música pode mudar a vida dos jovens”, comentou o professor Fellipe Santarelli. “O apoio da Voith tem sido fundamental para continuarmos oferecendo oportunidades para dezenas de alunos da região”, pontua.

Totalmente gratuitos, os encontros acontecem na Escola Estadual Friedrich von Voith duas vezes por semana, oportunidade em que os alunos têm contato com violinos e seus primeiros acordes.

“Não basta dizer que se é uma empresa preocupada com o futuro e não fazer nada por isso”, comenta Cibele Barbará, presidente da Fundação Voith Brasil. “A Voith, por meio da sua Fundação, apoia iniciativas que efetivamente transformam a vida das pessoas. A aprovação dos alunos na EMESP comprova que estamos no caminho certo, e queremos continuar indo em frente”, finaliza.

Para 2022, o projeto de música segue com força, aguardando a entrada de novos alunos. Além disso, a sala de música da escola está sendo revitalizada, e deve ficar pronta em breve.

O maestro João Carlos Martins comemorou a aprovação dos alunos na tradicional EMESP e agradeceu o apoio da Voith à iniciativa.

Clique aqui e veja a mensagem especial gravada pelo maestro.

Sobre o Grupo Voith

O Grupo Voith é uma empresa de tecnologia com atuação global. Com seu amplo portfólio de sistemas, produtos, serviços e aplicações digitais, a Voith estabelece padrões nos mercados de energia, papel, matérias-primas, e transporte e automotivo. Fundada em 1867, a empresa atualmente tem cerca de 20.000 colaboradores, gera € 4,3 bilhões em vendas e opera filiais em mais de 60 países no mundo inteiro, o que a coloca entre as grandes empresas familiares da Europa.

LVBA Com,.


Compartilhar