Dicas para diminuir o consumo de energia em casa

Dicas para diminuir o consumo de energia em casa

30 de abril de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Confira dicas para diminuir o consumo de energia na sua casa. Equipamentos elétricos, como ferros e aquecedores, são os que mais gastam 

Ultimamente, a crise econômica no Brasil acabou resultando em aumento em todos os setores, tanto com alimentos quanto para as contas básicas. Conforme levantamento, o nosso país está entre as nações com a energia mais cara.

Uma das contas que mais sofreram com aumento foi a energia elétrica, que no último ano teve alguns reajustes que afetaram muito o bolso dos brasileiros.

Neste artigo vamos apresentar algumas dicas de como diminuir o consumo de energia na sua casa e por quê economizar. Confira!

Como economizar energia elétrica

Além da motivação financeira, há a que envolve a sustentabilidade. Pesquisas mostram que o brasileiro ocupa o terceiro lugar no ranking de povos com maior consciência e preocupação com a sustentabilidade.

A humanidade está passando por constantes crises hídricas e energéticas, então é importante que tenha pessoas pensando no meio ambiente ao mesmo tempo que garantem economia de energia elétrica.

É importante entender que alguns itens domésticos correspondem a grande parte do gasto em energia elétrica.

Neste caso, vale a pena conhecer quais são eles e os cuidados que podem ser tomados para garantir a economia de energia.

Qual o horário que gasta menos energia?

O horário mais econômico vai depender do lugar em que você mora. Neste caso, o ideal é optar por períodos de tempo em que a casa está menos cheia, para conseguir ter mais economia de energia elétrica.

Assim, você consegue passar roupa sem ter muitas pessoas assistindo TV ou tomando banho, por exemplo, enquanto você lida com outras atividades da casa.’

  1. Use lâmpadas fluorescentes ou de LED

Na hora de economizar energia elétrica é preciso levar em conta a troca das lâmpadas de sua residência. 

Isso é importante porque esse tipo de iluminação é responsável por cerca de 20% do consumo total de energia de uma casa. Por isso, é importante optar pelos modelos que demandem menor consumo.

As lâmpadas incandescentes estão entre os modelos que devem ser trocados, sendo os que mais consomem energia elétrica.

No caso das lâmpadas de LED, elas têm o melhor custo e benefício, já que são 80% mais econômicas do que as incandescentes e 30% mais econômicas do que as fluorescentes.

  1. Diminua a frequência de banhos quentes

Muitas pessoas não sabem, mas depois do ar-condicionado, o chuveiro elétrico é o que mais consome energia em uma residência. Os banhos quentes também são responsáveis por uma grande parcela dos gastos hídricos. 

O aquecimento de água corresponde a cerca de 20% da energia elétrica consumida. Mas, lembre-se que essa porcentagem varia dependendo da temperatura local.

Ao utilizar o chuveiro, sempre que possível, utilize a função “verão”, uma vez que ela é mais econômica. Isso ajudará a diminuir consideravelmente sua conta.

Também evite banhos longos e muito quentes, feche o chuveiro ao se ensaboar para diminuir o tempo que o equipamento fica ligado.

  1. Tenha maior cuidado com o uso do ferro elétrico

Outro inimigo da economia de energia elétrica é o ferro elétrico. Cerca de 7% dos gastos de energia elétrica correspondem ao uso de ferro elétrico.

Então, acumule uma boa quantidade de roupas para passar tudo de uma vez e utilize a graduação correta para cada tipo de peça para conseguir a economia de energia desejada.

  1. Tire os aparelhos eletrônicos da tomada

Fato é que tirar os aparelhos eletrônicos da tomada pode realmente reduzir o consumo de energia elétrica. Entre os equipamentos que mais geram esse tipo de custo estão televisores e fornos micro-ondas.

Lembrando também que o hábito de deixar vários aparelhos plugados, mesmo que não estejam sendo usados, ou seja, no modo stand by, não é nem um pouco incomum, mas também não é econômico.

Sendo assim, opte por tirar os eletrônicos da tomada quando eles não estiverem sendo usados, no final do mês, sua conta estará bem mais econômica.

  1. Tenha atenção ao estado dos eletrodomésticos

Garantir que seus eletrodomésticos estejam em boas condições é fundamental para não gerar desperdício de energia elétrica. 

Por isso, é importante adotar práticas como verificar se a borracha da geladeira apresenta boa vedação. 

Quando a borracha desse aparelho não está em bom estado, o frio pode vazar para o exterior. Por conta disso, é exigido um maior gasto de energia para manter a geladeira funcionando.

Além disso, uma boa prática é garantir que seus equipamentos e aparelhos, como copiadoras e impressoras, tenham soluções como os toners também em boas condições.

Verificar se os seus aparelhos e equipamentos estão em bom estado também é uma forma de economizar.

Eric Barbosa <eric@seomarketing.com.br>

pub?w=320&h=100

Compartilhar