DIREITOS TRABALHISTAS Sindicato de servidores da Agraer agradece a Vander por apoio no reajuste salarial

1 de fevereiro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Trabalhadores terão aumento de 20% a partir deste ano, além de reestruturação das funções gratificadas

Por REDAÇÃO – 31/01/22 às 20H22 atualizado em 31/01/22 às 20H28

Washington Willeman (Sinterpa) e o deputado federal Vander Loubet.

No dia 17 de dezembro de 2021, foi publicado no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul o reajuste salarial para os servidores da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer). Além disso, também houve a reestruturação das funções gratificadas das carreiras.

De acordo com as mudanças da Lei nº 5.812, os servidores conquistaram um aumento de 20% em relação ao último reajuste, realizado em 2018. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Instituições de Extensão Rural, Pesquisa, Assistência Técnica, Serviços Agropecuários e Afins (Sinterpa), Washington Willeman, a correção salarial atende a 95% dos servidores, mas que em 2022 o sindicato irá lutar para que todos possam ter a gratificação.

“Nós estávamos negociando desde março com o governo do Estado para que ocorresse o reajuste, mas eles alegavam que não podiam dar o aumento devido a lei do governo federal que proibia o aumento, por conta da pandemia”, disse o presidente do Sinterpa.

No início da pandemia da Covid-19, o governo federal estabeleceu a Lei Complementar 173/2020, conhecida como Lei de Socorro aos Estados, no qual proíbe reajustes para os servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro de 2021. O objetivo da lei foi evitar irresponsabilidade fiscal por parte dos estados e municípios.

Washington disse que, devido ao fim da validade da lei, o Governo do Estado havia garantido aumento de 10% para os servidores em 2022, mas, mesmo assim, continuava sendo pouco em relação ao salário de servidores de outras secretarias que desenvolvem trabalhos semelhantes ao da equipe da Agraer

Vendo a necessidade do reajuste, o presidente se reuniu com o deputado federal Vander Loubet e apontou suas críticas em relação ao reajuste. O parlamentar então se prontificou em ajudar a classe trabalhadora, buscando ser um porta-voz do Sindicato junto ao Governo do Estado.

Vander buscou o diálogo com o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, e o governador Reinaldo Azambuja, para que ocorresse o aumento de 20% para os servidores, além de uma revisão dos valores pagos às funções gratificadas, que são os cargos de coordenadores municipais e regionais, gerentes e assessores. Os pedidos foram atendidos e a lei foi sancionada.

“O deputado abriu o canal de comunicação entre nós e o governo. Somos gratos por todo o trabalho realizado. Estamos satisfeitos com o que conseguimos e as outras demandas que ainda restam vão ficar para o início deste ano”, relatou Washington.

O deputado federal Vander Loubet acredita que o trabalho desenvolvido pelos servidores da Agraer é de suma importância para a agricultura familiar de Mato Grosso do Sul. “Por isso, meu mandato segue à disposição da classe trabalhadora. Essa é uma vitória não apenas para os servidores da Agraer, mas para todos os agricultores familiares e pequenos produtores atendidos pela Agência”, finalizou.


Compartilhar