Em Bonito, Governo do Estado investe R$ 2,2 milhões em reforma de escola

14 de março de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Geral jsantana 14/março/2022 8:43 am Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Com o objetivo de fortalecer o ensino público, o Governo do Estado segue investindo em reforma das unidades da Rede Estadual de Ensino (REE), em Mato Grosso do Sul. Nesta segunda-feira (14), o Diário Oficial do Estado traz o extrato de contrato para a reforma e ampliação da Escola Estadual Bonifácio Camargo Gomes, em Bonito.

De acordo com o documento, será construído um bloco de salas de aula e unidade passará por reforma parcial. A reforma terá investimento total de R$ 2.273.669,56, de recursos próprios. Ainda no interior do Estado, a Escola Estadual Professora Clarice Rondon dos Santos, em Coxim, também passará por reforma parcial. A ordem de serviços também foi publicada no DOE desta manhã, e revela investimento de R$ 320.607,94, também com recursos próprios.

Para o secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, investir na melhoria do ambiente escolar é proporcionar ensino de qualidade e, consequentemente, um futuro melhor aos sul-mato-grossenses. “Melhorar o ensino público é investir no futuro, proporcionando aos nossos alunos ensino de qualidade para que eles alcancem seus objetivos de vida. É o Governo do Estado presente também na formação desses cidadãos”, disse.

Desde o início da gestão, em 2015, o Governo do Estado já destinou mais de R$ 350 milhões na infraestrutura das escolas estaduais. A secretária de Estado de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, acrescenta que foram centenas de intervenções com reformas gerais ou parciais, como as de Bonito e Coxim.

“Os investimentos também foram voltados para equipamentos, como os laboratórios móveis e computadores para nossos estudantes. Importante destacar que o cuidado também passou pelo investimento na formação dos nossos professores, com iniciativas e parcerias firmadas com muito sucesso. Tudo isso sempre com o objetivo de beneficiar nossos alunos com uma aprendizagem de qualidade”, concluiu.

Joilson Francelino, Subcom
Foto: Divulgação


Compartilhar