Expectativa para a Temporada de Outono é de venda aquecida para animais de qualidade

17 de abril de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Conexão Delta G acredita em valorização na oferta de touros e matrizes das raças Hereford e Braford em abril e maio

Os leilões da Temporada de Outono da pecuária, neste ano, devem ser tão aquecidos quanto os da Primavera em 2021.

A expectativa é da Conexão Delta G, que reúne associados cuja produção está baseada nas raças Hereford e Braford. A vice-presidente da entidade, Clarissa Lopes, acredita que o Rio Grande do Sul seguirá o que já acontece nas regiões Centro Oeste e Sudeste do país, onde é comum a comercialização de touros nesta época.

Segundo Clarissa, a procura por touros é sentida durante todo o ano. “Principalmente agora em função do aumento das áreas de soja e, consequentemente, uma pastagem  de melhor qualidade, mais cedo, a temporada de monta será antecipada”, salienta, dizendo que a entidade está bastante otimista.

Clarissa ressalta que existe uma grande procura por machos e fêmeas de qualidade.

“Os animais oriundos dos rebanhos conectados certamente agregam positivamente em qualquer rebanho. Nós da Pitangueira também faremos um leilão de outono em Itaqui, no dia 25 de maio, onde ofertaremos 50 touros e 100 ventres”, informa.

O primeiro leilão da Conexão Delta G será no próximo dia 19 de abril que é o CP Produção, remate mais de gado comercial, no final de abril acontece o Revolution e em 22 de maio o Conexão Pampa de Outono.

Conforme Eduardo Eichenberg, um dos diretores da Conexão Delta G, a expectativa é positiva apesar dos efeitos negativos da seca, especialmente no Rio Grande do Sul e Paraná, nas diferentes categorias, como na reprodução com queda nos índices de prenhez, na parte da recria e na terminação.

“Se tem escutado sobre uma escassez de boi gordo, de vaca gorda, os frigoríficos com dificuldade em fechar as suas escalas, então  isso, obviamente, é reflexo dos prejuízos com a seca”, observa, destacando, porém, que já é possível enxergar uma recomposição nos pastos com as chuvas que vêm caindo e temperaturas ainda amenas.

De acordo com Eichenberg, nos últimos leilões de gado comercial tem ocorrido um aumento tanto da procura quanto na valorização, com terneiros e até fêmeas acima de R$ 15,00 o quilo.

“Acontece também uma boa procura por vaquilhonas solteiras de sobreano para colocar em cria na próxima Primavera, assim como a valorização de ventres com prenhes. Então isso mostra uma  boa expectativa”, coloca.

O dirigente informa que apesar de algumas quedas ocorridas do fim do ano passado para cá, em termos de preços nessas categorias de reposição, o boi gordo sempre seguiu em um patamar firme.

“Nós abrimos 2022 com uma arroba bem mais valorizada do que em 2021 e ela se manteve firme. Ao que pese ainda com o dólar começando a cair, o que evidentemente afeta um pouco as exportações, embora sigam firmes em volume, e casado com a escassez de gado,  o preço vem se mantendo bastante forte. Isso é um indicador bastante positivo e olhando para o horizonte nos dá confiança em termos de investimento pecuário, o que deve se refletir nos leilões de outono, sejam comerciais ou para investimento em genética”, pontua.

Foto: Divulgação
Texto: Rejane Costa/AgroEffective

Mais informações sobre a Conexão Delta G
Site: www.conexaodeltag.com.brFacebook: www.facebook.com/conexaodeltagInstagram: @conexaodeltag
Contato
Logo AgroEffective Color.png
Assessoria de Comunicação da Conexão Delta G

Rejane Costa: (51) 99328.9071 – rejane@agroeffective.com.br
Nestor Tipa Júnior: (51) 99911.2214 – nestor@agroeffective.com.br
Andréia Odriozola: andreia@agroeffective.com.brLarissa Mamouna: larissa@agroeffective.com.br
Ieda Risco: ieda@agroeffective.com.brVitória Pimentel: vitoria@agroeffective.com.br
Nossas redes

Site: www.agroeffective.com.br
Facebook: www.facebook.com/agroeffectiveTwitter: @agroeffectiveInstagram: @agroeffectiveSoundCloud: www.soundcloud.com/agroeffectivecomYouTube: www.youtube.com/agroeffective


Compartilhar