Felipe Bronze diz que nasceu de novo após reagir a assalto no RJ: ‘Fui imprudente’

Felipe Bronze diz que nasceu de novo após reagir a assalto no RJ: ‘Fui imprudente’

12 de maio de 2024 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Chef de cozinha e apresentador teve carro roubado e ficou ferido ao levar coronhadas de criminosos

Redação Terra Redação Terra 

12 mai 2024 – 10h37
Compartilhar
Exibir comentários

Chef e apresentador foi vítima de assalto à mão armada e reagiu
Foto: Reprodução/Globo

O chef de cozinha e apresentador de televisão Felipe Bronze disse que “nasceu de novo” após reagir a um assalto na Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro, na última sexta-feira, 10. Ele teve o carro roubado e levou coronhadas dos criminosos. Neste sábado, 11, o veículo foi encontrado próximo ao Complexo da Maré.

    Receba as principais notícias direto no WhatsApp! Inscreva-se no canal do Terra

Segundo o chef relatou em entrevista à Globo, ele não morreu “por sorte”. Ele disse que foi abordado acreditando tratar-se de um pequeno acidente de trânsito, quando um motociclista bateu no retrovisor de seu carro, que é blindado. Ele desceu do próprio veículo para arrumar o retrovisor e o assalto à mão armada foi anunciado.

Notícias relacionadas
Foto: AMEP/Arquivo. / Banda B
Passageiro leva facada no pescoço durante assalto a ônibus na Grande Curitiba; passageira relata pânico
Profissional relatou como crime aconteceu nas redes sociais; O carro dele foi levado, mas ele passa bem Foto: Reprodução/Instagram
Chef Felipe Bronze é agredido por criminosos após reagir a assalto no Rio: ‘Uma burrice imensa’
Foto: Banda B. / Banda B
Mulher é esfaqueada em assalto após descer de ônibus, em Curitiba: ‘Se não tivesse gritado, seria pior’

Bronze reagiu segurando a mão do assaltante, com a arma. Depois, viu que o comparsa desceu da moto também armado, e nesse momento se arrependeu da ação. Os assaltantes questionaram se ele era policial. “Foi a primeira vez que eu achei que iria morrer”, disse.

Antes de conseguir responder, ele levou uma coronhada na cabeça, foi jogado no chão e teve a arma apontada para a cabeça. “Foi a segunda vez que eu pensei que fosse morrer”, lembrou.
Chef Felipe Bronze é agredido após reagir a assalto no RJ: ‘Burrice imensa’:

ASSISTINDO

Chef Felipe Bronze é agredido após reagir a assalto no RJ: ‘Burrice imensa’
Israel & Rodolffo vem agitar o domingo no Showlivre!
Pedro Scooby adota cachorro no RS e volta para o RJ após ajudar em resgates: ‘Vai virar playboy’
Gabi Brandt mostra filho de 3 anos falando alfabeto árabe: ‘Aprendeu tudo sozinho’

“Eu considero que nasci de novo, sorte é apelido. Fui muito imprudente. Não façam isso em nenhuma hipótese. (…) Mesmo tendo domínio da ação, não sabe o entorno e não vale a pena”, orientou Bronze.

“Eu não fiz isso pensando em bem material. Eu achei que ele queria me sequestrar. (…) Meu medo foi sequestro. Se ele tivesse dito, quero seu carro, eu teria saído. Tudo muito rápido”, completou.
Recebeu ajuda

Ainda no chão e desorientado, Felipe viu o carro ser levado pelos criminosos. O chef levantou e disse que nenhum carro parou para ajudá-lo, mesmo que tivessem visto o ocorrido.

“Fiquei sem nada, sem documento, sem direção. (…) A Thais parou o carro e buzinou. Ela é uma personal trainer, vou convidar ela pra jantar no meu restaurante. Ela me acalmou muito. Ela é casada com um policial”, contou o chef de cozinha. A mulher levou Felipe até a a 20ª DP (Vila Isabel), onde o crime foi registrado.
Veículo foi encontrado

Menos de 24 horas depois do assalto, o carro de Felipe Bronze foi encontrado. O veículo foi abandonado pelos criminosos na Avenida Brasil, próximo ao Complexo da Maré. Segundo a Polícia Militar, o carro seria levado para a comunidade Parque União.

Um cerco foi realizado pelos policiais militares e civis, mas os criminosos fugiram para o interior da comunidade. Ninguém foi preso.

“Aquele filme de terror que teve início ontem, teve aqui um final mais feliz ainda, que foi eu ter saído com vida. O meu carro foi achado intacto, dentro do possível, ele passou na mão de um monte de bandido. Mas foi um trabalho brilhante, inacreditável, em menos de 24 horas”, comentou o apresentador, que também elogiou o trabalho da polícia

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Fonte: Redação Terra


Compartilhar