FEMINICÍDIO NOVA ANDRADINA: Filho é preso suspeito de matar a ciclista Marta em MS

5 de fevereiro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Jovem de 18 anos está preso no quartel do Exército em Aquidauana

Por TERO QUEIROZ – 05/02/22 às 14H42 atualizado em 05/02/22 às 14H54

O filho (esq.), suspeito de matar a mãe, ciclista Marta (dir.) achada morta em 23 de janeiro. Foto: Reprodução

Matheus Gabriel Gonçalves dos Santos, de 18 anos, foi preso no dia de 3 fevereiro, suspeito de matar sua mãe, a ciclista Marta Gouveia dos Santos, de 37 anos, achada morta em 23 de janeiro, às margens da MS-276 em Nova Andradina (MS).

A ciclista desapareceu na manhã do domingo (23.jan), quando saiu para pedalar. O corpo dela foi encontrado por um casal de amigos, por volta das 16h20 do mesmo dia, às margens da rodovia, com cerca de 30 perfurações, na região do pescoço, cabeça e com as roupas rasgadas. 

A prisão do filho foi confirmada pela Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) e pela Seção de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana.

A delegacia, porém, não se manifestou oficialmente sobre a dinâmica do crime, alegando que fará uma coletiva sobre e que as investigações ainda estão em curso.  

Apesar disso, o site Jornal da Nova, disse que Matheus foi preso porque a Polícia Civil tem evidências e provas tecnológicas que promoveram a prisão temporária do filho.

Ele está preso no Quartel do Exército de Aquidauana. O site diz, no entanto, que o suspeito não era militar. “Foi preso na base militar porque lá estava em busca de uma vaga de trabalho”, sustenta.

O filho fez um post na rede social, logo após a morte da mãe, lamentando a orfãndade dos irmãos e a brutalidade do crime. “(sic) Luto pela minha mãe… Morreu hoje com 37 anos deixando eu e mais dois filhos o menor que vai fazer 2 anos e o outro de 11 anos, morrer assassinada e ainda nua com vários hematomas e agressões pelo corpo todo com toda roupa rasgada… O que esse ordinário fez com minha mãe senhor… porque”… #luto”, descreveu.  

Há diversas informações acerca do caso, indicando suposta frieza do acusado, ainda sem detalhes oficiais. O MS Notícias acompanha o caso.

MS Notícias


Compartilhar