Grupo CCR apoia a formação de 100 mil jovens do País em cursos gratuitos de economia criativa

Grupo CCR apoia a formação de 100 mil jovens do País em cursos gratuitos de economia criativa

17 de março de 2024 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Por meio do Instituto CCR, Empresa se torna parceira mantenedora da co.liga, escola digital da Fundação Roberto Marinho e da Organização dos Estados Ibero-americanos

Miguel Setas, CEO do Grupo CCR, durante cerimônia de abertura/ Crédito: Divulgação ICCR – Luciano Avanço

São Paulo, 12 de março de 2024 – Na manhã desta terça-feira (12), o Grupo CCR, maior empresa de infraestrutura de mobilidade do Brasil, formalizou publicamente a sua parceria como empresa mantenedora da co.liga, escola digital da Fundação Roberto Marinho (FRM) e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), durante a divulgação da Pesquisa Juventudes Fora da Escola, realizada pela Fundação Itaú.

A iniciativa integra um plano de estratégias para a inclusão produtiva e educacional de jovens em situação de vulnerabilidade social, oferecendo capacitação para a geração de emprego e renda. 

Em um acordo de cooperação de três anos, a Companhia assume o compromisso de apoiar a formação de 100 mil jovens na área da economia criativa ao contribuir para dobrar o número de inscritos na plataforma até o primeiro semestre de 2025, passando de 50 mil para 100 mil alunos.

A parceria ainda prevê a criação de um curso inédito e a implantação de um laboratório totalmente equipado em uma das instalações do Grupo para o uso gratuito pelos estudantes. Ao todo, o Instituto CCR irá destinar R$ 1,5 milhão para o projeto.

Na ocasião, também foi oficialmente divulgado o resultado da Pesquisa Juventudes Fora da Escola. Mais de 9 milhões dos jovens brasileiros, entre 15 e 29 anos, estão fora do ambiente escolar e não concluíram a educação básica.

O estudo da Fundação Itaú revelou que, dentre esses jovens, 73% manifestaram o interesse em voltar para a escola e concluir a educação básica. Suas aspirações consistem na oportunidade de geração de emprego e renda, formação profissional e melhores condições de vida.

“O incentivo à educação e à cultura constitui um pilar fundamental da atuação do Instituto CCR. Neste sentido, a parceria com a Fundação Roberto Marinho e a Organização dos Estados Ibero-americanos no projeto Co.liga está totalmente alinhada com o nosso compromisso de contribuir decisivamente para democratizar o acesso para os milhões de clientes que servimos diariamente, promovendo a mobilidade social”, afirma Miguel Setas, CEO do Grupo CCR.

Miguel Setas, CEO do Grupo CCR, Leonardo Barchini, diretor de Representação da OEI no Brasil, e João Alegria, secretário geral da Fundação Roberto Marinho / Crédito: Divulgação ICCR – Luciano Avanço


Plataforma gratuita

Reconhecida como um ambiente digital colaborativo, a co.liga oferece 47 cursos gratuitos de curta duração, em campos como música, multimídia, design, artes visuais e tecnologia.

Ao se inscrever na plataforma, o estudante tem a oportunidade de se conectar com pessoas que desejam se desenvolver em áreas de economia criativa e fortalecer a sua rede de contatos profissionais.

Apesar do foco em jovens, qualquer pessoa, a partir dos 15 anos, pode se inscrever gratuitamente no coliga.digital.

Ao concluir os cursos, os estudantes recebem certificados que podem ser usados para comprovar a capacitação profissional nos currículos.

Atualmente, mais de 50 mil pessoas, do Brasil e de outros 12 países, estão inscritas na plataforma, e mais de 15 mil já foram certificadas no sistema.

O projeto também conta com 47 laboratórios espalhados por 12 estados, sendo duas unidades em São Paulo. De acordo com os dados do projeto, quatro entre 10 alunos tiveram uma oportunidade de trabalho remunerado após a realização dos cursos.

Cem mil inscritos até 2025

Para contribuir para o alcance da meta de 100 mil inscritos até o primeiro semestre do próximo ano, o Grupo CCR irá aproveitar da capilaridade de seus modais para anunciar a co.liga e as suas iniciativas nos pontos de comunicação visual de seus aeroportos, estações de trens metropolitanos, metrôs e VLT (veículo leve sobre trilhos). 

Para o secretário geral da Fundação Roberto Marinho, João Alegria, “a possibilidade de contar com o engajamento do CCR na mobilização das juventudes para a inclusão produtiva, é estratégico para a co.liga. Ampliar e fortalecer redes de jovens, além de viabilizar acesso à formação, demonstra claramente o compromisso da empresa com a transformação social e o futuro do país.”

O diretor da OEI Brasil, Leonardo Barchini, destaca a importância da parceria.

“É um momento muito significativo para a co.liga a parceria com a CCR, que ampliará ainda mais a rede da escola com o seu apoio, fortalecendo esse canal de formação profissional e inclusão produtiva para juventudes, especialmente das classes C, D e E. Essa ação faz parte do processo de expansão da escola, que em pouco mais de dois anos está presente em todo o Brasil, e de internacionalização, com a presença em seis países da região Ibero-americana, além dos EUA”, afirma.

Sobre o Instituto CCR | Entidade privada sem fins lucrativos, gerencia o investimento social do Grupo CCR, com o objetivo de proporcionar transformação social nas regiões de suas concessões de rodovias, aeroportos e mobilidade.

Os projetos do ICCR são implementados por meio de recursos próprios ou verbas incentivadas. Entre os projetos proprietários de impacto, merecem destaque: Caminhos para a Cidadania, que capacita mais de 3 mil professores em 1.600 escolas anualmente, e o Caminhos para a Saúde, que oferece atendimentos de saúde a caminhoneiros, motociclistas, ciclistas e passageiros de trens urbanos e metrôs.

Seu foco são iniciativas nas frentes de Mobilidade e Cidades Sustentáveis, Cultura e Educação, Saúde e Segurança. Desde 2014, as ações do Instituto já beneficiaram mais de 15 milhões de pessoas.

Saiba mais em www.institutoccr.com.br.

Informações à imprensa

InPress Porter Novelli

ccr@inpresspni.com.br


Compartilhar