Halterofilismo: campeã paralímpica busca ouro inédito em Mundial

Halterofilismo: campeã paralímpica busca ouro inédito em Mundial

1 de dezembro de 2021 Off Por Ray Santos
Compartilhar

© Daniel Zappe/Exemplus/CPB/Direitos Reservados Esportes

Mariana D’Andrea reencontra rivais de Tóquio na disputa até 73 quilos

Publicado em 01/12/2021 – 17:19 Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

A campeã paralímpica Mariana D’Andrea busca nesta quinta-feira (2), a partir das 2h30 (horário de Brasília), a primeira medalha do Brasil no torneio adulto do Campeonato Mundial de halterofilismo paralímpico, que é realizado em Tbilisi (Geórgia). A página do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) no Facebook transmite o evento ao vivo.

A competição é a primeira de Mariana desde o inédito ouro conquistado nos Jogos de Tóquio (Japão), na categoria até 73 quilos. A paulista de 23 anos levantou 137 quilos e superou a chinesa Lili Xu (134 quilos) e a francesa Souhad Ghazouani (132 quilos). Em Tbilisi ambas estarão novamente no caminho da brasileira. Em Mundiais ela já tem uma medalha de prata obtida há dois anos, em Nur-Sultan (Cazaquistão), na disputa por equipes mistas, junto de Bruno Carra e Evânio Rodrigues.

“A expectativa é muito boa. Saí de Tóquio preparada, tive um resultado muito bom lá e agora é manter os treinos para melhorar mais ainda e buscar outra medalha, agora de ouro. Será uma competição forte. Em Tóquio, eram oito [atletas por categoria]. Na Geórgia, podem ser 20. Mas estou bem preparada, tanto fisicamente como psicologicamente”, afirmou a campeã paralímpica, em setembro, à Agência Brasil.

O Mundial de Tbilisi começou no último sábado (27), com as disputas da categoria júnior. O Brasil foi ao pódio três vezes, sendo uma no topo, com Lara Aparecida (que esteve nos Jogos de Tóquio), na categoria até 41 quilos. As demais medalhas foram de bronze, com Lucas Galvão (até 49 quilos) e Tayná Alcântara (até 45 quilos).

O torneio adulto teve início no domingo (28). Entre os homens, Lucas Galvão ficou em 12º lugar na categoria até 49 quilos, João Maria Júnior foi o sexto entre halterofilistas até 54 quilos, Bruno Carra encerrou a disputa até 59 quilos em nono e Luciano Dantas foi o 18º na divisão até 65 quilos. No feminino, Lara Aparecida acabou em sétimo na categoria até 41 quilos, Maria Santos em 12º no evento até 50 quilos e Ângela Teixeira em 16º entre as atletas até 67 quilos.

Medalhista de bronze no Mundial de Dubai (Emirados Árabes Unidos), em 2014, Márcia Menezes competirá neste sábado (4), às 2h30, na categoria acima de 86 quilos. No mesmo dia, mas a partir das 5h50, Evânio Rodrigues, prata na Paralimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, compete na divisão até 88 quilos.

Edição: Fábio Lisboa


Compartilhar