Idoso de 77 anos morre após levar ‘voadora’ no peito no litoral de SP

Idoso de 77 anos morre após levar ‘voadora’ no peito no litoral de SP

11 de junho de 2024 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Vítima estava com o neto, de 11 anos, quando foi agredida no tórax por um motorista; suspeito está preso

Redação Terra Redação Terra 

11 jun 2024 – 16h00
(atualizado às 16h52)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Um homem de 77 anos morreu após ser agredido no tórax por um motorista com um chute em Santos (SP). O agressor foi preso em flagrante.

Cesar Finé Torresi, de 77 anos, morreu após levar um chute no peito de um motorista na cidade de Santos, litoral de São Paulo.
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um homem de 77 anos morreu após ser agredido com um chute no peito, uma ‘voadora’, por um motorista em Santos, no litoral de São Paulo. O caso ocorreu no sábado, 8. A vítima foi identificada como Cesar Finé Torresi, que estava acompanhada do neto no momento do crime.

    Receba as principais notícias direto no WhatsApp! Inscreva-se no canal do Terra

Segundo testemunhas relataram à polícia, Torresi atravessava a rua junto com o neto de 11 anos, com o semáforo fechado e entre os carros, quando um veículo avançou sobre os dois. O idoso teria colocado a mão sobre o capô do carro. Na sequência, o motorista de 39 anos teria descido do veículo e atacado Torresi com uma ‘voadora’ no tórax. O idoso caiu desacordado no chão.

Notícias relacionadas
Governo anula leilão de arroz importado após suspeita de irregularidade Foto: Taba Benedicto/Estadão / Estadão
Governo anula leilão de arroz importado após suspeita de irregularidade
Foto: Polícia Civil (Divulgação) / Porto Alegre 24 horas
Polícia recupera cachorro Pitbull furtado e o devolve à sua tutora no RS
Camelo ficou preso em carro após atropelamento Foto: Reprodução/Redes sociais
Camelo fica preso em para-brisa de carro em acidente na Índia

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Militar foram acionados por pessoas que estavam no local. Torresi foi levado a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santos, mas sofreu três paradas cardíacas e não resistiu.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), “um homem, de 39 anos, foi preso em flagrante na tarde deste sábado (8), na Rua Professor Pirajá, no bairro Aparecida, em Santos. Policiais militares foram acionados para atender a ocorrência. No local, apuraram que o indiciado agrediu um idoso, de 77 anos, que caiu desacordado. Foi acionado o Samu, que encaminhou a vítima para a UPA Zona Leste. O filho do idoso compareceu à unidade policial informando o óbito do seu pai”.

Familiares e amigos de Torresi se despediram do aposentando em velório realizado na segunda-feira, 10, em Santo André, na Grande São Paulo, cidade em que a vítima vivia. Ele viajava com frequência para a Baixada Santista para visitar o filho e os netos.

O caso foi registrado como lesão corporal seguida de morte na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos. Segundo o jornal A Tribuna, o agressor já passou por audiência de custódia e teve a prisão em flagrante convertida para preventiva. Ele deve ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de São Vicente (SP).

Fonte: Redação Terra


Compartilhar