Instituto Caleidos leva dança contemporânea para escolas de SP
Foto: Fabio Brazil

Instituto Caleidos leva dança contemporânea para escolas de SP

15 de março de 2024 Off Por Marco Murilo Oliveira
Compartilhar

Ao todo, o projeto pretende atingir um público de cerca de 800 pessoas da rede municipal de ensino de São Paulo. O foco do projeto Leituras da Dança 2024 será a ludicidade nos processos artístico/educacionais.

São Paulo (SP) – Crianças professores e gestores de escolas da rede municipal de ensino de São Paulo terão a oportunidade de vivenciar e apreciar a dança de uma maneira diferente. Nos meses de março e abril de 2024 estudantes e docentes de escolas da rede municipal de ensino de São Paulo circularão pela sede do Instituto Caleidos por meio do projeto Leituras de Dança, elaborado e coordenado pelos diretores do Caleidos, Isabel Marques e Fábio Brazil. Esta é a quarta edição do projeto que já ocorreu em 2010, contemplado pelo ProAC, e em 2014, com apoio de fundo coletivo e em 2022 com apoio de Emenda Parlamentar. Ao todo, o projeto pretende atingir um público de cerca de 800 pessoas da rede municipal de ensino de São Paulo. O foco do projeto Leituras da Dança 2024 será a ludicidade nos processos artístico/educacionais.

O Projeto Leituras da Dança versão 2024 terá 22 apresentações de espetáculo de dança contemporânea, encontro de formação com professores/gestores e um seminário sobre dança e educação. Com isso, os participantes poderão desfrutar de experiência artística com formação continuada e ainda ter bases para implantação de atividades de dança nas escolas.

Apresentações artísticas do Caleidos Cia. servirão de epicentro para o desenvolvimento das outras atividades do projeto. Para abrir o projeto, professores e gestores participantes do projeto Leituras da Dança, assim como a comunidade escolar como um todo, se encontrarão em um Seminário sobre dança e educação. O projeto Leituras da Dança 2024 tem realização da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

Arte e Educação

Desde 1996, quando foi criado, o Caleidos Cia. traça interfaces diretas entre sua produção artística em dança e os processos educacionais. Em Leituras de Dança não seria diferente. Os diretores da cia. entrecruzam suas experiências acadêmicas, artísticas, docentes e de assessoria educacional trazendo propostas para que as escolas possam ampliar o acesso à dança contemporânea discutindo diferentes formas de relacionar a produção cultural da cidade com a educação escolar. 

O projeto Leituras da Dança surgiu, em 2010, da necessidade de dialogar com crianças da Educação Infantil sobre a possibilidade da experiência artística estar diretamente relacionada aos processos de educação nas escolas. Com isso, almejava-se transformar espectadores de dança em leitores críticos da dança/mundo, a partir da fruição de espetáculos e cursos de formação de professores. “Essas atividades, de cunho educativo, permitiram a integração entre arte e educação, entre artistas e público e entre arte e cidadania”, explica Isabel Marques. Na época, o foco do projeto foi a interatividade e a ludicidade da dança para crianças pequenas.

Na versão 2020, o projeto Leituras de Dança se amplia e trabalhará com diferentes espetáculos e faixas etárias, assim como diferentes focos de diálogo entre a dança, a educação e a sociedade. Espetáculos e atividades de formação abordarão de três formas diferentes a defesa dos direitos humanos no sentido de dialogar sobre o direito à ludicidade, o direito à diversidade sexual e o direito à igualdade de gênero no mundo de hoje.

A Cia.

Fundada por Isabel Marques em 1996, e codirigida por Fábio Brazil desde 1998, o Caleidos Cia. desenvolve trabalho cênico nas interfaces entre a dança e a educação. Pautada pela investigação sobre a interatividade na dança contemporânea, o Caleidos Cia. de Dança pesquisa as relações entre a dança, a poesia e o jogo cênico, dialogando com os princípios de Rudolf Laban e Paulo Freire. Em seus 23 anos, produziu 25 espetáculos em duas linhas de trabalho: a lúdica, que propõe jogos de dançar para todos os corpos e a linha crítica, pautada em reflexões sobre direitos humanos e a cidadania. Apresentou-se em diversos estados do Brasil e no exterior, dialogando com públicos de diversas idades e culturas corporais

Desde a sua criação, os objetivos do Caleidos Cia. de Dança mantiveram-se inalterados: abrigar e desenvolver as atividades de iniciação, apreciação, reflexão, pesquisa e criação em arte em suas interfaces com a educação por meio de atividades artísticas (produção de espetáculos e eventos de dança), docentes (cursos, workshops, eventos) e de pesquisa (seminários, encontros, publicações).

O Caleidos instala-se na interface híbrida entre a arte e a educação. Despregando-se dos estigmas convencionais de que arte e educação são campos distintos, a cia. de dança desenvolve espetáculos comprometidos com o diálogo e a reflexão com o público – valor da educação – e ao mesmo tempo comprometidos com a interação e pesquisa da linguagem da dança – valor da arte.  Desde a sua fundação, o Caleidos Cia. criou projetos e espetáculos que no conjunto refletem a face híbrida da cia de dança: arte e educação dialogam com a finalidade de que a arte não seja escolarizada e de que o ensino de dança não perca sua potência artística.

Mais Informações:

www.institutocaleidos.com

caleidos2@gmail.com

Marcelo Pria


Compartilhar