Instituto Coalizão Saúde (ICOS) lança publicação sobre telemedicina

31 de março de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

O relatório Diálogos Brasil – Reino Unido em Saúde Digital: Desafios e Oportunidades em Telessaúde é uma parceria entre a instituição, o Governo Britânico e o InovaHC

São Paulo, 31 de março do ano 2022 – O Instituto Coalizão Saúde (ICOS), associação formada por representantes da cadeia produtiva do setor da Saúde, publicou recentemente um relatório sobre o atual cenário da telessaúde no país e no Reino Unido. Com o título Diálogos Brasil – Reino Unido em Saúde Digital: Desafios e Oportunidades em Telessaúde, o documento é resultado de uma colaboração entre o ICOS, o Ministério do Comércio Internacional do Reino Unido e o Instituto de Inovação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP), com o apoio da Academia Nacional de Medicina, e tem o objetivo de contextualizar os principais impactos da saúde digital na qualidade da assistência e acesso à saúde nos dias de hoje.

“Ainda que não tenhamos as respostas para todas as perguntas, sabemos desde já que a telemedicina veio para ficar. Não irá substituir o atendimento presencial, e sim estender a atividade assistencial a uma dimensão geográfica sem precedentes”, diz o presidente do ICOS, Claudio Lottenberg, na introdução do documento.

O relatório foi elaborado a partir de uma série de webinários realizados pelas instituições parceiras no primeiro semestre de 2021, auge da pandemia no Brasil. No total, 23 especialistas, das redes públicas e privadas, tanto do Brasil quanto do Reino Unido, abordam exemplos bem-sucedidos de Saúde Digital, a fim de continuar o debate em torno do futuro da medicina. Entre os tópicos apresentados estão exemplos do uso de tecnologias digitais no Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido desde antes da pandemia, a ética no contexto da Saúde Digital e a importância da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS) no uso da nuvem para a Saúde.

“Essa troca de experiência foi muito valiosa para que o Hospital das Clínicas e o InovaHC construíssem um projeto digital que hoje já tem vários pilotos, como a capacitação de Unidades de Terapia Intensiva, que está no Brasil inteiro, e a APS Digital, em Santarém (PA), mostrando como a saúde digital funciona e é muito importante para comunidades que têm pouco acesso à saúde”, afirmou o vice-presidente do ICOS e presidente do InovaHC, Giovanni Cerri, no evento do lançamento do relatório, que aconteceu na FMUSP e contou com a participação do Secretário da Saúde do Estado de São Paulo Jean Gorinchteyn, do Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Paulo Dias de Moura Ribeiro, do diretor de comércio no Consulado Britânico em São Paulo, Martin McCombe e do diretor da FMUSP, Tarcísio Eloy.

Sobre o ICOS

O Instituto Coalizão Saúde é formado por representantes da cadeia produtiva do setor de saúde e pretende contribuir, de forma propositiva e pluralista, para o debate e a busca de novos avanços em saúde, em resposta às demandas da população e às necessidades do país.

Legenda da foto: Da esq. para a dir.: Martin McCombe, diretor de comércio no Consulado Britânico em São Paulo; Paulo Dias de Moura Ribeiro, Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ); Tarcísio Eloy, diretor da FMUSP; Jean Gorinchteyn, Secretário da Saúde do Estado de São Paulo e Giovanni Cerri, vice-presidente do ICOS

Comuniquese,.


Compartilhar