Jornalista Cláudia Gaigher lança livro na próxima terça no Senado Federal

Jornalista Cláudia Gaigher lança livro na próxima terça no Senado Federal

10 de maio de 2024 Off Por Marco Murilo Oliveira
Compartilhar

Com apoio do senador Nelsinho Trad, defensor do meio ambiente, escritora fará rodada de conversas sobre as riquezas naturais de MS e o lançamento do “Diário de Uma Repórter no Pantanal”, no Salão Negro do Senado, a partir das 16h em 14 de maio.

Após lançar o “Diário de Uma Repórter no Pantanal” em Mato Grosso do Sul – nas cidades de Campo Grande e Corumbá-, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo – em Cachoeira de Itapemirim -, a jornalista Cláudia Gaigher que vivenciou as maiores belezas do Pantanal e as consequências mais evidentes do desequilíbrio ambiental, apresenta sua obra literária em Brasília, no Salão Negro do Congresso Nacional, na próxima terça-feira (14). 

“Diário de Uma Repórter no Pantanal” dá voz ao bioma com cerca de 30 histórias saborosas dos bastidores de reportagens carregadas de informações e urgências.

“Com convite do senador Nelsinho Trad, que é daqui (MS), a gente se conhece, ele também sabe desse meu amor pelo Pantanal. Então, a gente vai fazer esse lançamento no Salão Negro no dia 14 de maio, a partir das 16h. Espero você, a gente vai ter uma roda de conversa, eu vou estar lá. Vai lá para você conhecer um pouco mais de mim e do nosso Pantanal. Te espero”, convida a jornalista. 

A proposta da escritora e da Editora Documenta Pantanal, que propôs a publicação do livro, é mostrar ao mundo, por meio de documentários, fomento de publicações e conteúdos diversos, a maravilha que é a maior planície alagada do mundo. “Eu recebi o meu exemplar, logo após o lançamento em Campo Grande, esse livro oferece muito conhecimento e conscientização sobre a necessidade de preservar o nosso bioma pantaneiro. Não existe ninguém que tenha tanta experiência de promover reportagens no Pantanal como a Cláudia. E ela vai estar aqui, no Senado da República, para apresentar esse livro, que é uma verdadeira aventura no recanto do Pantanal. Nós que defendemos tanto o Pantanal, somos do Mato Grosso do Sul, estamos convidando você para fazer parte desse evento”, comentou o senador Nelsinho Trad. 

Há 26 anos, a jornalista, natural do Espírito Santo, recebeu a missão de desbravar o jornalismo em Mato Grosso do Sul e o Brasil passou a conhecer o Pantanal sul-mato-grossense. Após cada reportagem, a jornalista registrava suas impressões e transformou – com apoio do Documenta Pantanal – em um livro. “Posso dizer que conheci a maior parte desse bioma, cada cantinho. E nesses anos todos, sempre que eu ia fazer uma reportagem, eu pesquisava muito sobre o assunto, lia artigos científicos, conversava com esses pesquisadores, com as comunidades tradicionais, com os pantaneiros, para aprender com eles. E foram muitas descobertas. Sempre que eu estava preparando algum assunto para fazer uma reportagem e mergulhava naquilo e ao voltar, eu colocava tudo no papel, escrevia as minhas impressões, o que eu senti, o que eu vi, o que eu aprendi”, recordou Cláudia Gaigher. 

Neiba Ota


Compartilhar