Marquinhos elabora projeto para falta de moradia e segurança no Centro-Norte do Estado

7 de julho de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

O pré-candidato do PSD ao Governo de Mato Grosso do Sul, Marquinhos Trad, visitou os municípios de Corguinho, Rio Negro e Rochedo nesta terça-feira (5). Os encontros com moradores definem projetos estratégicos para o programa de governo, com atenção às maiores demandas de cada região do Estado.

Nos municípios do também chamado “Centro-Norte” de Mato Grosso do Sul, moradores clamam por moradia e mais segurança, uma demanda recorrente em todas as regiões. “Isso é comum em todo Estado. Falta efetivo. Os policiais estão sendo sacrificados por ausência de planejamento. O governo se diz superavitário e nos últimos anos foram entregues apenas 28 casas nos três municípios. Rio Negro não recebeu nenhuma casa. Onde está este dinheiro? Vamos estabelecer prioridade e moradia popular está entre os principais anseios da população, principalmente a mais humilde, onde entregar apenas um terreno não resolve o problema”, argumentou.  

Em Corguinho, a população do Distrito de Taboco luta para que o governo não feche um posto policial que atualmente funciona sem viatura. “O município deveria ter 15 policiais e atua apenas com seis. Em Rio Negro, deveria ter 40 e tem apenas 14. No Município de Rochedo é ainda pior. Previsão de 40 e tem apenas 7 policiais.  Vamos ter este cuidado com nossos policiais, assegurando efetivo maior e melhor estrutura para o trabalho”, garantiu Marquinhos.

Moradores também lamentaram a falta de oportunidade principalmente para os mais jovens, que precisam ir para Campo Grande estudar e trabalhar. “Quem não tem condição de investir, padece com desemprego e quando é empregado, ocupa as piores posições no mercado. Nós defendemos incentivos diferenciados para os pequenos municípios, com mudanças na lei para priorizar moradores locais, assegurando desenvolvimento e emprego”, concluiu.

Marquinhos Trad


Compartilhar