Médica explica por que mudança de hábito pode evitar câncer

4 de abril de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Redução no consumo de alimentos industrializados combinada com a prática de atividades físicas é importante em qualquer idade, observa oncologista

Hábitos alimentares inadequados, vícios e sedentarismo podem influenciar diretamente o desenvolvimento de doenças, dentre as quais o câncer. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), entre 80 e 90% dos casos estão associados às chamadas causas externas, que incluem a má alimentação, o consumo de álcool, o tabagismo e a falta de exercícios físicos. Diante deste cenário, profissionais de saúde são enfáticos em recomendar a adoção de medidas capazes de contribuir com a redução na incidência tanto de neoplasias como de outras doenças crônicas, como hipertensão e diabetes. 
Neste sentido, a oncologista clínica da Oncomed-MT, Carla Nakata, ressalta que manter uma vida ativa apresenta inúmeros benefícios. “O exercício físico ajuda a promover o equilíbrio dos níveis hormonais, fortalece o sistema imunológico e diminui o tempo de trânsito gastrointestinal, sendo responsável pela redução em cerca de 25% no risco de desenvolvimento de câncer de intestino, por exemplo. Ele também ajuda na prevenção do câncer de mama e do endométrio”. Ela reforça ainda que os programas de exercícios ideais devem incluir atividade aeróbica, trabalho de força muscular e mobilidade.

No supermercado e no prato – A médica pontua que alguns alimentos devem ser evitados, principalmente os industrializados e com alto teor de açúcar. “Produtos muito doces, como refrigerantes e bolachas recheadas, além de alimentos ultraprocessados, à exemplo das salsichas, presunto e carnes defumadas sobrecarregam o organismo, que, por sua vez, reage apresentando inflamações”. Carla observa, ainda, que é necessário moderação na quantidade de alimentos ingeridos e atenção à variedade no prato. “É importante consumir alimentos frescos e artesanais, dando preferência aos vegetais, frutas, sementes, carboidratos e carnes magras.”

Vícios – Outros hábitos vilões de uma vida saudável é o tabagismo e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas. O cigarro convencional, eletrônico e narguilé possui o tabaco, substância que está associada a 85% dos casos de câncer de pulmão. Já a bebida alcoólica está relacionada ao desenvolvimento do câncer de boca, faringe, laringe, esôfago, estômago, fígado e intestino.

Para saber mais – O site do INCA (https://www.inca.gov.br/) concentra informações sobre as causas e prevenção do câncer, a entidade disponibiliza um Guia de Atividade Física para a População Brasileira, onde pode encontrar informações e dicas que podem contribuir para uma vida fisicamente ativa.

Sobre a Oncomed – Situada em Cuiabá (MT), a clínica especializada no tratamento multidisciplinar do câncer iniciou suas atividades em 1996. Hoje conta com sede ampla, de fácil acesso e fortemente estruturada, dispondo de  consultórios, ala  de  quimioterapia  com  farmácia e  unidade  de radioterapia. O corpo clínico é formado por oncologistas clínicos, cirurgiões oncológicos, radioterapeutas, hematologistas, mastologistas, urologistas e profissionais  especializados  em  cuidados  paliativos.  Saiba  mais  em www.oncomedmt.com.br.

Íntegra Comunicação Estratégica


Compartilhar