Médico do ES que morreu em abrigo no RS gravou vídeo antes de viajar: ‘Vamos ajudar os nossos irmãos’

Médico do ES que morreu em abrigo no RS gravou vídeo antes de viajar: ‘Vamos ajudar os nossos irmãos’

14 de maio de 2024 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Leandro Medice foi encontrado morto em um abrigo em São Leopoldo (RS); suspeita é de que ele teve um infarto fulminante

Redação Terra Redação Terra 

14 mai 2024 – 08h39
(atualizado às 09h17)
Compartilhar
Exibir comentários

https://www.terra.com.br/planeta/videos/cachorro-abraca-perna-de-veterinaria-apos-resgate-no-rs,ebf871fa93a01143d6fe6903a238cf82zdfg9ujt.html

Cachorro abraça perna de veterinária após resgate no R

Médico que se voluntariou para ajudar vítimas de enchente é achado morto em abrigo no RS
Médico que se voluntariou para ajudar vítimas de enchente é achado morto em abrigo no RS
Exposição itinerante mostra como as práticas agrícolas dos povos indígenas mantêm a floresta em pé
Cachorro abraça perna de veterinária após resgate no RS

O médico do Espírito Santo que se voluntariou para ajudar as vítimas no Rio Grande do Sul e foi encontrado morto em um abrigo em São Leopoldo compartilhou um vídeo nas redes sociais antes de embarcar para a sua primeira missão humanitária. (Veja vídeo acima).

    Receba as principais notícias direto no WhatsApp! Inscreva-se no canal do Terra

“Ei pessoal! Hoje eu estou fazendo uma coisa diferente. Pela primeira vez, eu vou partir para uma missão humanitária. O Sul está precisando da gente. Então, saí um pouco da minha rotina, do conforto do consultório. A cirurgia acabou agora pouco, a gente já emendou nessa missão. São 4h da manhã agora. A gente está indo pra lá ajudar os nossos irmãos que estão precisando”, disse Leandro Medice, no vídeo.

Notícias relacionadas
Médico do ES é encontrado morto em abrigo em São Leopoldo (RS) Foto: Reprodução/Redes Sociais
Médico que se voluntariou para ajudar vítimas de temporal é achado morto em abrigo no RS
homem ajudando mulher a andar por rua alagadaágua Foto: Reuters / BBC News Brasil
‘É muito triste passar por tudo isso outra vez’: os voluntários de resgate em 2023 que voltaram a atuar nas enchentes
Com quase quatro anos que a família vive na embarcação, Ana Carolina Cerchiari explica como é a rotina e desafios com o marido e os dois filhos Foto: Reprodução/Arquivo pessoal
Mãe velejadora destaca vida sobre o mar da Bahia: “As crianças brincam livres”

“Eu vou tentar passar pra vocês aqui a real situação que está lá até mesmo pra gente conseguir juntar mais forças pra ajudar o pessoal que está precisando em meio a essa catástrofe no Sul. Assim que eu conseguir, eu mostro tudo que está acontecendo e vamos juntos nessa missão. Conto com a oração de vocês pra gente juntar forças e ajudar o máximo de pessoas que a gente conseguir”, acrescentou o médico.

Leandro Medice
Foto: Reprodução/Instagram/@leandromedice
Publicidade

Nos comentários do post, a mãe dele, Andrea Medice, incentivou o trabalho do filho: “Que lindo!!! Deus os acompanhe e conserve esse amor em seus corações. Esse é um presente que jamais sairá das minhas lembranças. Feliz Dia das Mães para todas nós, mulheres guerreiras que conseguirão vencer mais essa batalha. Deus as abençoe.”

Saiba como ajudar as vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul

https://www.terra.com.br/amp/story/planeta/atitude-sustentavel/saiba-como-ajudar-as-vitimas-das-enchentes-do-rio-grande-do-sul,70e813b6b393d27d0743943b4c54509fxcz2icrn.html

Entenda o caso Leandro Medice tinha 41 anos e era médico cardiologista. Natural de Vila Velha (ES), ele estava há um dia em São Leopoldo (RS) para ajudar as vítimas dos temporais no Estado.

Nas redes sociais, a mãe do profissional compartilhou uma publicação em que afirma que Medice teve um infarto fulminante. O Terra questionou a Prefeitura de São Leopoldo sobre o caso e tenta contato com familiares do médico. O espaço continua aberto para posicionamento.

A empresa de estética capilar em que o médico trabalhava, no Espírito Santo, também publicou uma nota de pesar: “Comunicamos por meio deste, que na madrugada desta segunda-feira 13/05/24 o nosso querido Dr. Leandro veio a falecer, vítima de um mal súbito. Leandro estava no RS na missão humanitária em prol das vítimas das enchentes desde ontem (domingo). Em breve, traremos mais detalhes sobre o velório e enterro”, informou.

Medice se formou primeiro em Fisioterapia, depois cursou Medicina e se especializou em Cardiologia, carreira em que atuou como médico intensivista. Também teve atuação no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Atualmente, Leandro se dedicava à estética e transplante capilar.

Saiba como doar qualquer valor para o Pix oficial do Rio Grande do Sul. 

Cachorro é salvo em enchente após ser ‘laçado’ pela Brigada Militar no RS:
+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!

Fonte: Redação Terra


Compartilhar