Melo e Matos são campeões em Stuttgart, 38º título da carreira de Marcelo

Melo e Matos são campeões em Stuttgart, 38º título da carreira de Marcelo

16 de junho de 2024 Off Por Ray Santos
Compartilhar

O mineiro chegou a sua sexta conquista na grama, a 16ª de ATP 250 e a primeira ao lado do gaúcho, no terceiro torneio juntos na temporada 2024. Final foi neste domingo, na Alemanha, diante de Cash e Galloway

Junho, 2024 – O título do ATP 250 de Stuttgart é da dupla brasileira Marcelo Melo e Rafael Matos. Neste domingo (16), na final do torneio, que abriu a temporada de grama da parceria, o mineiro e o gaúcho comemoraram a primeira conquista juntos, diante do britânico Julian Cash e do norte-americano Robert Galloway. Melo e Matos venceram de virada: 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 10-8. É o 38º título de Melo na carreira, recordista brasileiro – 16º de ATP 250 – e o sexto na grama. Jogo terminado, a festa foi do Brasil na Alemanha.

“Muito feliz com a vitória. Primeiro torneio de grama jogando juntos, conseguimos o título. Fizemos belos jogos durante a semana toda. Jogamos muito confiantes nos momentos importantes do primeiro jogo à final. Acho que é uma fração de um belo caminho que temos pela frente. Eu e o Rafa estamos realmente muito contentes com esse titulo aqui em Stuttgart”, comemorou Marcelo que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Alto Giro, com apoio de Volvo, Head e Asics.

Melo e Matos completam uma semana de belas vitórias, mostrando um entrosamento cada vez maior. Foi apenas o terceiro torneio na temporada desde que anunciaram a parceria, de olho em uma vaga nos Jogos Olímpicos de Paris – antes, jogaram uma vez em 2023. São cinco vitórias juntos. Estiveram também no ATP 250 de Genebra, na Suíça, e Roland Garros, Grand Slam em Paris, na França. O mineiro e o gaúcho seguem na grama até o Grand Slam de Wimbledon, em Londres, na Inglaterra, que começa no dia 1º de julho.

Com a conquista deste domingo, Melo soma agora seis títulos na grama, sendo um deles o Grand Slam, Wimbledon, em 2017, ao lado do polonês Lukasz Kubot, com quem venceu também duas vezes o ATP 500 de Halle (2017 e 2018) e uma o ATP 250 de ‘s-Hertogenbosch (2017). Com o australiano John Peers, comemorou mais uma vez em Halle, no ano passado. Foi a segunda final do mineiro em 2024 (74ª da carreira), vice-campeão no Masters 1000 de Monte Carlo com o alemão Alexander Zverev, no saibro de Mônaco, em abril.

De virada – Com uma única quebra no sexto game do primeiro set, os adversários venceram por 6/3. Melo e Matos buscaram a reação e devolveram o 6/3 no segundo set, com dois breaks: no segundo game, abrindo na sequência 3/0, e no oitavo, para fazer 5/3 e fechar em seguida, deixando tudo igual. No match tie-break, o mineiro e o gaúcho estiverem sempre à frente, a partir do 3-2, marcando 10-8 para ganhar o título em Stuttgart.

Dezoito vitórias em 2024 – Esta é a 18ª temporada de Melo no circuito. O mineiro soma 630 vitórias na carreira. Em 2024, são 18 – uma no ATP 250 de Adelaide, na Austrália, duas no ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina, duas no ATP 250 de Santiago, no Chile, uma no Masters 1000 de Indian Wells, duas no Masters 1000 de Miami, ambos nos Estados Unidos, quatro no Masters 1000 de Monte Carlo, em Mônaco, uma no Masters 1000 de Roma, na Itália, uma em Roland Garros e quatro em Stuttgart.

No ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Melo aparece como 37 do mundo, com 2.290 pontos, número 1 do Brasil. Matos é 46 no ranking, dois do País, com 1.940 pontos.

Recordista em títulos, número de vitórias, participações em Grand Slam, ATP Finals e semanas no topo do ranking – Marcelo Melo, 40 anos, é recordista brasileiro em número de títulos, 38 conquistas. Dos títulos, todos em duplas, dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017) e nove Masters 1000, além de 11 ATP 500 e 16 ATP 250. Tem o recorde, também, em semanas no topo do ranking da ATP – 56, único brasileiro na história a ser número 1 do mundo em duplas e esteve entre os Top 10 por oito temporadas seguidas.

Duplista mais vitorioso em atividade no circuito, é o maior vencedor entre os brasileiros, tendo alcançado na estreia em Roland Garros 2023 a histórica marca de 600 vitórias. Entre os jogadores de dupla em atividade, Melo é o primeiro a chegar aos 1.000 jogos, mais uma marca histórica, conquistada em Atlanta 2023 – antes, 13 duplistas atingiram e superaram esse número.

É recordista em participações em Grand Slam, com 66 edições, e em presença no ATP Finals – completou oito seguidas em 2020. Em 2019 chegou a 500 vitórias, na estreia no ATP 500 de Washington, passando a ser o 35º jogador de todos os tempos a atingir essa marca.

O primeiro título de Marcelo em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam, além de um vice em Londres (2013) e um vice (2018) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Xangai 2018 chegou ao nono, depois de ganhar Xangai (2013 e 2015), Paris (2015 e 2017), Toronto (2016), Cincinnati (2016), Miami (2017) e Madri (2017).

Temporada 2024

Campeão
ATP 250 de Stuttgart – Alemanha

Vice-campeão
Masters 1000 de Monte Carlo – Mônaco

Mais informações:
Site:  
www.melomarcelo.com Fanpage:  facebook.com/marcelomelo83 Instagram: www.instagram.com/marcelomelo83Marketing/Comercial: Sérgio Oprea – +55 61 98118-9876 – sergio.oprea@terra.com.br – www.zenithmarketing.com.brZDL
Doro Jr. – MTb 13209 – 
dorojr@zdl.com.br – 11 984579723
Deborah Mamone – MTb 15148  – 
deborah@zdl.com.br – 11 3285.5911Site: www.zdl.com.brFacebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: 
www.instagram.com/zdlsports

Melo conquistou seu 38º título, sexto na grama
(Boss Open)

Melo conquistou seu 38º título, sexto na grama (Boss Open)

Alta | Web

Dupla com os troféus, comemorando a conquista
(Boss Open)

Alta | Web

Matos e Melo na premiação
(Boss Open)

Matos e Melo na premiação (Boss Open)

Alta | Web

Footer

Compartilhar