Melo e Middelkoop avançam para a semifinal no ATP 250 de Santiago, no Chile
Melo e Middelkoop comemoraram segunda vitória no Chile. Foto: chileopen

Melo e Middelkoop avançam para a semifinal no ATP 250 de Santiago, no Chile

2 de março de 2024 Off Por Marco Murilo Oliveira
Compartilhar

Dupla – cabeça de chave número 1 – derrotou os bolivianos Arias e Zeballos nesta quinta-feira (29), em jogo pelas quartas de final, no Club Deportivo Universidad Catolica

Fevereiro, 2024 – Com mais uma ótima atuação, sem dar chances aos adversários, o mineiro Marcelo Melo e o holandês Matwe Middelkoop garantiram a vaga na semifinal do ATP 250 de Santiago, no Chile. Nesta quinta-feira (29), no Club Deportivo Universidad Catolica, Melo e Middelkoop – cabeças de chave 1 – venceram, pelas quartas de final, os bolivianos Boris Arias e Federico Zeballos por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1h05min. Agora, em busca da vaga na decisão, o mineiro e o holandês enfrentam os ganhadores do jogo entre os norte-americanos Roese Stalder e Evan King (cabeças 4) e a dupla do brasileiro Orlando Luz e do chileno Matias Soto.

“Acho que hoje conseguimos jogar muito bem de novo. As condições são favoráveis para nós aqui. Aproveitamos, logo no começo, a chance de abrir uma quebra na frente. Aí não veio a quebra no início do segundo set, mas depois quebramos mais tarde e sentíamos que estávamos no controle do jogo. Isso foi importante para jogarmos mais calmos e poder quebrar no 3 a 3. Feliz, de novo, com mais um bom jogo. Agora é ver se na semi conseguimos executar da mesma maneira”, afirmou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Alto Giro, com apoio de Volvo, Head e Asics.

No primeiro set, o break veio no quarto game, com Melo e Middelkoop abrindo, na sequência, 4/1. Mantendo a vantagem, fecharam em 6/3. No segundo set, os adversários salvaram três break-points no primeiro game, mas o mineiro e o holandês continuaram impondo seu jogo e conseguiram a quebra no sétimo game, fazendo 4/3 e, depois, vencendo por 6/4, confirmando mais uma vez o favoritismo para avançar em Santiago. 

Quarto torneio na gira no saibro – Melo e Middelkoop disputam o sexto torneio juntos na temporada, o quarto na gira sul-americana no saibro, que já teve o Rio Open, ATP 500 no Rio de Janeiro, e os ATP 250 de Córdoba e Buenos Aires, na Argentina. Antes, no início de 2024, estiveram no ATP 250 de Adelaide e no Australian Open. 

Esta é a 18ª temporada de Melo no circuito e o mineiro soma 617 vitórias na carreira. Em 2024, são cinco – uma no ATP 250 de Adelaide, na Austrália, duas no ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina, e duas agora no Chile. 

No ranking mundial da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), divulgado nesta segunda-feira (26), Melo aparece em 59º lugar, com 1.510 pontos. Middelkoop é número 50, com 1.830 pontos.

Recordista em títulos, número de vitórias, participações em Grand Slam, ATP Finals e semanas no topo do ranking – Marcelo Melo, 40 anos, é recordista brasileiro em número de títulos, 37 conquistas. Dos títulos, todos em duplas, dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017) e nove Masters 1000, além de 11 ATP 500 e 15 ATP 250. Tem o recorde, também, em semanas no topo do ranking da ATP – 56, único brasileiro na história a ser número 1 do mundo em duplas e esteve entre os Top 10 por oito temporadas seguidas.

Duplista mais vitorioso em atividade no circuito, é o maior vencedor entre os brasileiros, tendo alcançado na estreia em Roland Garros 2023 a histórica marca de 600 vitórias. Entre os jogadores de dupla em atividade, Melo é o primeiro a chegar aos 1.000 jogos, mais uma marca histórica, conquistada em Atlanta 2023 – antes, 13 duplistas atingiram e superaram esse número.

É recordista em participações em Grand Slam, com 65 edições, e em presença no ATP Finals – completou oito seguidas em 2020. Em 2019 chegou a 500 vitórias, na estreia no ATP 500 de Washington, passando a ser o 35º jogador de todos os tempos a atingir essa marca.

O primeiro título de Marcelo em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam, além de um vice em Londres (2013) e um vice (2018) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Xangai 2018 chegou ao nono, depois de ganhar Xangai (2013 e 2015), Paris (2015 e 2017), Toronto (2016), Cincinnati (2016), Miami (2017) e Madri (2017).

Temporada 2023
Campeão
ATP 500 de Halle, na Alemanha

Vice-campeão
ATP 500 – Rio Open, no Rio de Janeiro

Mais informações:
Site:  
www.melomarcelo.com 
Fanpage:  facebook.com/marcelomelo83 
Instagram: www.instagram.com/marcelomelo83
Marketing/Comercial: Sérgio Oprea – +55 61 98118-9876 – sergio.oprea@terra.com.br – www.zenithmarketing.com.br

ZDL


Compartilhar