Ministra encontra brasileiros residentes na Suíça e pede maior integração com as políticas públicas de governo

2 de março de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Foto gov.br/Google

Reunião foi promovida pelo Consulado Brasileiro de Genebra. Gestora ouviu cerca de 20 organizações que apoiam imigrantes brasileiros

Em encontro com brasileiros membros da sociedade civil na região da Suíça nesta terça-feira (1º), em Genebra, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, defendeu uma maior integração entre as ações praticadas pelo terceiro setor e o governo brasileiro.

O encontro foi promovido pelo Consulado Brasileiro de Genebra. Em três horas de evento, a gestora ouviu cerca de 20 representantes de organizações que apoiam imigrantes brasileiros e ajudam a promover a cultura junto à comunidade daquele país. Todos apresentaram projetos que podem ser apoiados ou replicados no Brasil.

Alguns dos presentes relataram dificuldades em obter qualificação profissional no país europeu, pelo alto custo e concorrência por vagas outras populações residentes. A ministra explicou que, hoje, o governo brasileiro já oferece alternativas de ensino à distância.

“Hoje temos cursos do Qualifica Mulher, por exemplo, que podem ser acessados de qualquer lugar do mundo. E ali temos a qualificação profissional para a pessoa que busca um emprego, como também o caminho das pedras para o empreendedorismo. Milhares de mulheres já se capacitaram”, afirmou.

Damares Alves disse ainda que pretende incentivar a criação de um Espaço da Mulher Brasileira em Genebra, nos mesmos moldes daqueles já instalados em Roma, na Itália, e em Boston, nos Estados Unidos.

Presente à reunião, a secretária nacional de Proteção Global, Mariana Neris, destacou a preocupação do Governo Federal sobre as relações de trabalho de imigrantes brasileiros no exterior e disse que está trabalhando para que todos conheçam seus direitos.

“Sei que muitos chegam aqui e acabam aceitando situações degradantes de trabalho, algumas até análogas à escravidão. É importante que vocês se informem sobre seus direitos e busquem apoio nas representações diplomáticas. Lá do Brasil estamos sempre prontos a atendê-los”, destacou.

Bilaterais

As autoridades brasileiras participam, desde domingo, de compromissos na cidade como parte das atividades da 49ª Sessão da Comissão de Direitos Humanos das Nações Unidas. Ainda em Genebra, a comitiva liderada pela ministra realizou encontros bilaterais nos dois primeiros dias de trabalho, na sede da ONU, ambos a pedido das delegações estrangeiras.

O primeiro deles ocorreu ainda nesta segunda-feira (28), em agenda com a delegação que representa os Estados Unidos. A subsecretária de Estado para Segurança Civil, Democracia e Direitos Humanos, Uzra Zeya, convidou o Brasil a trabalhar em conjunto em pautas convergentes, como a de liberdade religiosa

A delegada americana elogiou os compromissos voluntários assumidos e reiterados pelo Brasil perante o Conselho de Direitos Humanos da ONU e também o trabalho de acolhimento a refugiados promovido nos últimos anos, especialmente de venezuelanos e afegãos.

Damares Alves afirmou que espera uma aproximação maior entre as pautas dos Estados Unidos e a do Brasil e convidou a americana e sua comitiva a conheceram o programa Abrace o Marajó, constituído como modelo de desenvolvimento sustentável a partir dos direitos humanos.

Já na manhã desta terça-feira, em agenda com Bahia Tahzib-Lie, embaixadora dos Países Baixos para Direitos Humanos, o assunto girou em torno de posições adotadas por ambos os países no CDH, especialmente em pautas convergentes, especialmente nas políticas voltadas a minorias.

A ministra brasileira explicou como funcionam as iniciativas voltadas a públicos como a população LGBTi e relatou outros avanços, como a implementação de canais digitais de ouvidoria para o recebimento de denúncias.

Para dúvidas e mais informações:

imprensa@mdh.gov.br

Atendimento exclusivo à imprensa:

Assessoria de Comunicação Social do MMFDH

(61) 2027-3538


MDH

Assessoria de Comunicação – ASCOM/MMFDH
imprensa@mdh.gov.br
(61) 2027-3525 / (61) 99558-9277


Compartilhar