Na Argentina, Fiems integra discussão sobre ampliação da logística ferroviária da Rota Bioceânica

Na Argentina, Fiems integra discussão sobre ampliação da logística ferroviária da Rota Bioceânica

23 de junho de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

A missão empresarial organizada pela Associação Comercial de Corumbá, prefeitura e Sebrae/MS, com apoio da Fiems, chegou nesta quarta-feira (22/06) a cidade de Jujuy, na Argentina, onde discutiu ampliação da logística ferroviária da Rota Bioceânica. O grupo de empresários brasileiros deixou Corumbá no último domingo (19/06) e objetivo da viagem é conhecer as potencialidades da ferrovia no trecho que liga o Brasil a Salta, no país argentino, e fortalecer os negócios entre as duas nações.

A agenda do dia começou com uma reunião no Conselho de Ciências Econômicas de Jujuy, onde a missão empresarial foi recebida por autoridades e representantes do comércio internacional para debater a logística rodoviária e ferroviária no âmbito do corredor bioceânico.
Para o vice-presidente regional da Fiems, Lourival Vieira, as reuniões têm fortalecido as estratégias para viabilizar a rota e desenvolver ainda mais os negócios entre os países. “É muito satisfatório para nosso grupo o resultado das reuniões até agora. Precisamos estudar juntos as estratégias para fortalecer esse projeto, utilizarmos a malha ferroviária e viabilizar uma opção de logística que será muito benéfica para todos os envolvidos”, afirmou.

Com papel fundamental na missão, o CIN/MS (Centro Internacional de Negócios de Mato Grosso do Sul) tem o desafio de apresentar as estatísticas e o potencial de negócios com o ‘mercado brasileiro com base nos últimos levantamentos das importações e importações.
Os principais destinos da produção do Brasil são a Bolívia, Argentina, Chile e os mercados asiáticos, a maioria dessa produção é enviada pela rota rodoviária, gerando um volume muito maior de recursos que encarece os produtos”, destacou a coordenadora CIN/MS, Sthefany Miyeko.

Nesse contexto, o secretário de desenvolvimento de Corumbá, Cássio Augusto Marques, defendeu que a rota ferroviária é a alternativa mais viável para desenvolver e fortalecer as negociações para o Brasil. “A infraestrutura da ferrovia está toda instalada, alguns trechos têm problemas, mas a maioria está em funcionamento. Pretendemos demonstrar que essa é uma alternativa muito viável para nossa logística e tornará nossos produtos mais competitivos. O custo operacional e as facilidades com toda malha ferroviária em operação é uma grande estratégia”.

Presidente da Entidade Administrativa da Zona Franca da Província, Martin Luque, integrou o diálogo fazendo uma apresentação sobre a estrutura da Zona Franca de Périco, que pode contribuir nas estratégias da Rota Bioceânica e oferecer novas possibilidades. “O Brasil é um gigante de produção e necessita de outra rota para destinar suas cargas. É possível utilizar a zona franca para incrementar as opções tanto de importações como de exportações”, comentou.

Outro atrativo da região de Jujuy são as ofertas de serviços e turismo, apresentadas pela diretora da agência de marketing do Conselho de Ciências Econômicas, Mónica Adriana Salas. “Temos condições sólidas na oferta produtiva e exportável, empresas que podem atender clientes em todo o mundo e têm todo o apoio da província e do Ministério de Desenvolvimento para ampliarem seus negócios”, ressaltou.

Já o secretário de Integração Regional e Relações Internacionais da província de Jujuy, Pablo Palomares, propôs avançar no intercâmbio de informações e agradeceu a presença da missão brasileira. “Achamos pertinente a discussão e posteriormente queremos também ir ao Brasil para ampliarmos nosso diálogo e conhecer mais essas oportunidades. Com certeza vamos desenvolver todas as oportunidades demonstradas aqui, esse intercâmbio de informações é fundamental”, finalizou.

Leia mais notícias em nosso site:www.fiems.com.br

Assine nossa newsletter e fique por dentro do que acontece na indústria:www.fiems.com.br/newsletter

Dúvidas? Entre em contato com nossa Assessoria de Comunicação: (67) 3389-9244

Fotos: FIEMS


Compartilhar