NOVELA PANTANAL MORTE: Pantanal volta à Globo, mas morte levou 19 nomes da primeira versão pro túmulo; Veja quem!

17 de fevereiro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

32 ANOS DEPOIS DA PRIMEIRA VERSÃO DE PANTANAL, 19 ARTISTAS DO ELENCO JÁ MORRERAM

Por EDUARDO ELIAS – 17/02/22 às 09H47 atualizado em 17/02/22 às 09H56

Cláudio Marzo, Sérgio Mamberti e Rômulo Arantes, são alguns dos nomes que já faleceram da versão original de “Pantanal” –  (Montagem/ Reprodução)

A novela de grande sucesso “Pantanal” (1990) de Benedito Ruy Barbosa, responsável por despontar o respeito pela dramaturgia da extinta TV Manchete, ficou por décadas no imaginário do público saudosista. Só que 32 anos depois das gravações, muitos artistas do elenco já nos deixaram. 

O ator veterano Cláudio Marzo foi um deles. Ele que dava vida ao José Leôncio, o velho do Rio, nos deixou em 2015 aos 75 anos devidos complicações pulmonares.

O bonitão Rômulo Arantes, o Levi em “Pantanal“, morreu em um acidente fatal de ultraleve, aos 42 anos, no ano 2000. Tragicamente, dois dias antes de completar 43 anos e no auge de sua carreira. Ele é pai do ator Rômulo Arantes Neto.
 

João Alberto Pinheiro, o Zaqueu, morreu pouco tempo depois da novela, em 1991, aos 31 anos, vítima de diversas complicações na saúde. Ele tinha câncer no fígado, meningite e pneumonia em decorrência das complicações do vírus do HIV.

Sérgio Britto, veterano ator da dramaturgia, interpretou em “Pantanal” o Antero Novaes. Ele faleceu em 2011, aos 88 anos, por problemas cardiorrespiratórios.

Os atores João Alberto Pinheiro, Sérgio Britto e Alexandre Lippiani já faleceram (Montagem/ Reprodução)

Alexandre Lippiani, o Raimundo, faleceu em um acidente de carro precocemente, aos 32 anos em 1997. Já Oswaldo Loureiro, o Chico, estava afastado das novelas desde 2005 devido o Alzheimer, mas morreu somente em 2018, aos 85 anos.

Kito Junqueira, um dos pistoleiros de “Pantanal“, teve um infarto fulminante em 2019, o levando aos 71 anos. Já Valter Santos, que interpretava outro pistoleiro, era ator e dublador, morreu de um ataque cardíaco em 2013, aos 59 anos. 

Luiz Armando Queiroz, fez uma pequena ponta de “Pantanal” mas não passou despercebido. Ele atuou como um empresário carioca. Na verdade o tratamento de seu câncer linfático foi muito agressivo, e em decorrência das complicações da quimioterapia, o ator faleceu em 1999, aos 54 anos.

Rubens Corrêa, rosto conhecido que deu vida ao Ibrahim Chaguri, em “Pantanal“, era um consagrado ator e diretor de teatro. Infelizmente morreu devido complicações do vírus do HIV, aos 64 anos, em 1996.

Luiz Armando Queiroz, Rubens Corrêa e Jece Valadão, também atuaram em “Pantanal” (1990) e já morreram (Montagem/ Reprodução)

O astro do cinema nacional, Jece Valadão, também estava em “Pantanal“, e faleceu em 2006, aos 76 anos, por conta de uma insuficiência respiratória. Maurício do Valle também foi um importante nome do cinema nacional e um rosto muito conhecido. Faleceu em 1994, aos 66 anos, por conta de complicações da sua agressiva diabetes.

Buza Ferraz, o Grego, faleceu em 2010, aos 59 anos, após sofrer três paradas respiratórias. Flora Geny, a dona Ana, morreu no ano seguinte de “Pantanal“, em 1991, aos 62 anos.

O veterano Jofre Soares, que interpretou o Padre na novela “Pantanal“, faleceu em 1996, aos 77 anos, devido um câncer e leucemia. Xandó Batista também viveu outro Padre na trama. Ele que era ator e dublador, faleceu em 1992, aos 72 anos, por conta de um acidente de carro.

Geisa Gama, a dona Rosa, faleceu em 2017, aos 86 anos, com falência múltipla dos órgãos. O jovem ator de sucesso, Jairo Lourenço, deu vida ao Otávio em “Pantanal“, mas abandonou a carreira por décadas, se dedicando a outras coisas em sua vida. Infelizmente, em 2021, o ator de apenas 60 anos, morreu depois de sofrer um AVC.

Sérgio Mamberti, o veterano ator conhecido por ser o tio Victor do infantil “Castelo Rá-Tim-Bum”, também trabalhou em “Pantanal” e deu vida ao Doutor Arnour. Ele já enfrentava diversos problemas de saúde nos últimos anos, mas nunca parou de atuar no teatro. Infelizmente a notícia trágica de seu falecimento aconteceu no segundo semestre de 2021, com falência múltipla dos órgãos. O carismático ator nos deixou aos 82 anos.

Todos atores que já se foram deixaram um legado brilhante na dramaturgia. Não só pela novela “Pantanal” como por incontáveis trabalhos, os quais costumamos nos deparar com seus rostos e vozes (alguns dubladores) por toda nossa vida. Legados brilhantes de atores que merecem nossa querida lembrança e reconhecimento.

MS Notícias


Compartilhar