Operação Cosud: 333 pessoas presas e 3 toneladas de drogas apreendidas em MS

Operação Cosud: 333 pessoas presas e 3 toneladas de drogas apreendidas em MS

15 de maio de 2024 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Publicado em: 14 de maio de 2024

A Operação Cosud, realizada entre os dias 8 e 12 de maio, no Estado de Mato Grosso do Sul, resultou na apreensão de mais de 3 toneladas de drogas, 47.400 maços de cigarros apreendidos e 333 pessoas presas. Ao todo 3.631 pessoas foram abordas e 2.427 veículos fiscalizados.

A ação foi coordenada pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio COPI (Coordenadoria de Operações Integradas e Cooperação Interagências).

A operação reuniu a Polícia Civil, Polícia Militar, Agepen, Coordenadoria Geral de Perícias, Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), totalizando um efetivo de 885 policiais e 272 viaturas.

O Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) foi criado em 2019 e abrange os estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, e conta com a participação convidada do Mato Grosso do Sul. O objetivo dessa aliança é a de fortalecer a cooperação entre os Governos dessas regiões e impulsionar ações socioeconômicas e ambientais, o que inclui a área da Segurança Pública.

“O entrosamento e cooperação existentes entre os órgãos e instituições, foram fatores primordiais para o planejamento e execução dos trabalhos, ressaltando o profissionalismo e disposição envidados por todos os integrantes da segurança pública que não mediram esforços para a demonstração de supremacia da força estatal contra a criminalidade, com isso propiciando maior tranquilidade e sensação de segurança à população das regiões de fronteiras e divisas dos estados limítrofes com o Mato Grosso do Sul”, destacou o coordenador Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), Coronel Edimilson de Oliveira Ribeiro.

Para o Secretário-Executivo de Segurança Pública da Sejusp, coronel Wagner Ferreira da Silva, a Operação realizada traz benefícios diretos à população sul-mato-grossense.

“Além dos resultados efetivos de apreensões e prisões no enfrentamento ao crime, a Operação Cosud arrasta consigo um valor inestimável, que é a integração entre os estados e o compartilhamento de conhecimento. Este é um legado que produzirá resultados duradouros para todos os entes envolvidos”, concluiu o secretário-executivo.

Tenente Albuquerque, Comunicação Sejusp


Compartilhar