Orquestra Sinfônica Municipal apresenta temporada de concertos em julho no Municipal

5 de julho de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Ao todo, serão quatro apresentações do corpo artístico ao longo do mês dentro e fora do Theatro Municipal de São Paulo, destaque para a apresentação do violonista e compositor brasileiro, Yamandu Costa, e dos festivais de São Luiz do Paraitinga, Campos do Jordão e Vermelho, em Ilha Bela

São Paulo, 05 de julho do ano 2022 – Ao longo de todo o mês de julho, a Orquestra Sinfônica Municipal fará uma temporada de apresentações dentro e fora do Theatro Municipal de São Paulo. No total serão quatro concertos, dois realizados no próprio Theatro e dois em festivais externos, como o Festival Vermelho, em Ilha Bela, no dia 17 de julho,  o Festival de Inverno de São Luiz do Paraitinga, no dia 21 e o Festival de Inverno de Campos do Jordão, no dia 24.

 Nos dias 08 e 09, o corpo artístico apresenta na Sala de Espetáculos o concerto Expectativa – Um Monodrama, sob a regência do maestro Alessandro Sangiorgi. Com Adriane Queiroz no soprano, o programa da apresentação trará a música Erwartung, Monodrama em 1 ato, Op. 17 (33′) (I. Hier hinein? Man sieht den Weg nicht; II. Ist das noch der Weg? Hier ist es Eben; III. Da kommt ein Licht?; IV. Er ist auch nicht da; V. Das Mondlicht…nein, dort ; VI. Was soll ich tun; VII. Aber so seltsam ist dein Auge; VIII. Du siehst wieder dort hin?; IX. Oh! nicht einmal die Gnade; X. Liebster, Liebster, der Morgen kommt), do compositor e professor austríaco-americano Arnold Schönberg é uma peça do compositor alemão Felix Mendelssohn, escolhida pelos assinantes, e que traz a Sinfonia nº4 em Lá Maior (27’) (I. Allegro vivaceII. Andante con motoIII. Con moto moderatoIV. Saltarello: Presto). Com classificação livre, os ingressos variam entre R$10 e R$60.

“A Orquestra Sinfônica Municipal mostra mais uma vez suas características ecléticas. Passando por repertórios clássicos, até a interpretação de obras de autores do século XX e XXI, como Erwartung de Schöenberg. Em julho temos também estreias mundiais e sul-americanas, como no caso do concerto inédito de Yamandu Costa, Sérgio Assad e do Vernissage, de Donovan Seidle”, afirma Alessandro Sangiori, regente assistente da Orquestra Sinfônica Municipal.

O corpo artístico volta a se apresentar nos dias 14 e 15, às 20h, com o concerto “Grandes Estreias”, com a regência do maestro Roberto Minczuk. Em seu repertório está a música Vernissage – Estreia Latinoamericana (7’) (I. Apotheosis of Gilbert Desrochers; II. Woman with Helmet), do compositor Donovan Seidle; Quadros de uma Exposição (30’), do compositor russo Modest Mussorgsky e do compositor francês Maurice Ravel; além da estreia mundial do concerto de Yamandu Costa, violonista e compositor brasileiro.

Para mais informações, confira a programação completa abaixo ou acesse Link
 

Orquestra Sinfônica Municipal apresenta Expectativa – Um Monodrama
Theatro Municipal
08/07/2022 • 20h
09/07/2022 • 17h

[Theatro Municipal de São Paulo – Sala de Espetáculos]
Concerto presencial, aberto ao público

Orquestra Sinfônica Municipal
Alessandro Sangiorgi, regência

Programa
ARNOLD SCHÖNBERG (1874-1951)
Erwartung, Monodrama em 1 ato, Op. 17 (33′)
I. Hier hinein? Man sieht den Weg nichtI
II. Ist das noch der Weg? Hier ist es Eben
III. Da kommt ein Licht?
IV. Er ist auch nicht da
V. Das Mondlicht…nein, dort
VI. Was soll ich tun
VII. Aber so seltsam ist dein Auge
VIII. Du siehst wieder dort hin?
IX. Oh! nicht einmal die Gnade
X. Liebster, Liebster, der Morgen kommt

Peça escolhida pelos assinantes:

FELIX MENDELSSOHN (1809-1847)
Sinfonia nº4 em Lá Maior (27’)
I. Allegro vivace
II. Andante con moto
III. Con moto moderato
IV. Saltarello: Presto

Ingressos R$10 a 60 
Classificação livre
Duração aproximadamente 60 minutos
 

Orquestra Sinfônica Municipal apresenta “Grandes Estreias”
Theatro Municipal
14/07/2022 • 20h
15/07/2022 • 20h

[ Theatro Municipal de São Paulo – Sala de Espetáculos ]
Grandes Estreias

Concerto presencial, aberto ao público

Orquestra Sinfônica Municipal
Roberto Minczuk, regência
Yamandu Costa, violão

Programa
DONOVAN SEIDLE
Vernissage – Estreia Latinoamericana (7’)
 
MODEST MUSSORGSKY
Quadros de uma Exposição (arranjo de Maurice Ravel) (30’)

YAMANDU COSTA
Concerto Fronteira

 YAMANDU COSTA / SÉRGIO ASSAD
Concerto inédito – Estreia Mundial.

Classificação livre
Duração total 70 minutos
Ingressos R$ 10,00 a R$ 60,00
 

Orquestra Sinfônica Municipal participa do Festival Vermelhos
17/07/2022 • 16h
Ilha Bela

ORQUESTRA SINFÔNICA MUNICIPAL

 Roberto Minczuk, regência

Ingresso: a confirmar
Duração: a confirmar 
Classificação: a confirmar
 

Orquestra Sinfônica Municipal participa do Festival de Inverno de São Luiz do Paraitinga
21/07/2022 • a definir
São Luiz do Paraitinga
 
ORQUESTRA SINFÔNICA MUNICIPAL
Roberto Minczuk, regência
 
Ingresso: a definir 
Duração: a definir 
Classificação: a definir 
 

SOBRE O COMPLEXO THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO

O Theatro Municipal de São Paulo é um equipamento da Prefeitura da Cidade de São Paulo ligado à Secretaria Municipal de Cultura e à Fundação Theatro Municipal de São Paulo.

O edifício do Theatro Municipal de São Paulo, assinado pelo escritório Ramos de Azevedo em colaboração com os italianos Claudio Rossi e Domiziano Rossi, foi inaugurado em 12 de setembro de 1911. Trata-se de um edifício histórico, patrimônio tombado, intrinsecamente ligado ao aperfeiçoamento da música, da dança e da ópera no Brasil. O Theatro Municipal de São Paulo abrange um importante patrimônio arquitetônico, corpos artísticos permanentes e é vocacionado à ópera, à música sinfônica orquestral e coral, à dança contemporânea e aberto a múltiplas linguagens conectadas com o mundo atual (teatro, cinema, literatura, música contemporânea, moda, música popular, outras linguagens do corpo, dentre outras). Oferece diversidade de programação e busca atrair um público variado.

Além do edifício do Theatro, o Complexo Theatro Municipal também conta com o edifício da Praça das Artes, concebido para ser sede dos Corpos Artísticos e da Escola de Dança e da Escola Municipal de Música de São Paulo.

Sua concepção teve como premissa desenhar uma área que abraçasse o antigo prédio tombado do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo e que constituísse um edifício moderno e uma praça aberta ao público que circula na área.

Inaugurado em dezembro de 2012 em uma área de 29 mil m², o projeto vencedor dos prêmios APCA e ICON AWARDS é resultado da parceria do arquiteto Marcos Cartum (Núcleo de Projetos de Equipamentos Culturais da Secretaria da Cultura) com o escritório paulistano Brasil Arquitetura, de Francisco Fanucci e Marcelo Ferraz.
 

SOBRE A SUSTENIDOS

Eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, a Sustenidos é a organização responsável pela gestão do Conservatório Dramático-Musical dr. Carlos de Campos – Tatuí e do Complexo Theatro Municipal. Além do Governo do Estado de São Paulo e da Prefeitura da Cidade de São Paulo, a Sustenidos conta com o apoio de organizações da sociedade civil, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos têm suporte fiscal da Lei Federal de Incentivo à Cultura e do PROAC.  Pessoas físicas também podem ajudar. Em 2021, a Sustenidos recebeu a Certificação A+do Selo Doar, de Gestão e Transparência. Saiba como contribuir neste link.

Patrocinadores e apoiadores do Theatro Municipal de São Paulo – Sustenidos: Bradesco
Patrocinadores Institucionais da Sustenidos: Microsoft e VISA.

Approach Com,.


Compartilhar