PhD reafirma que Neurociência tem ligação direta com a questão mental

15 de agosto de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Em homenagem ao médico e sanitarista Oswaldo Gonçalves Cruz, que nasceu em 5 de agosto de 1872, esta data do oitavo mês do ano é marcada pela comemoração do Dia Nacional da Saúde. A celebração tem por objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância da educação sanitária e a ter um estilo de vida mais saudável.
Além da pandemia de Covid-19, um outro mal mundial atual é a questão dos danos causados por todos os demais fatores humanos na Saúde Mental. Isso foi confirmado pelo PhD em Neurociências Prof. Dr. Fabiano de Abreu Agrela.
Conforme ele, a tecnologia elevou a neurociência a um patamar crucial para a humanidade. “O que é importante dizer inicialmente é que a neurociência desvenda, confirma e também aprimora o que a psicologia e a psicanálise dizem”, pontuou.
“A terapia é um procedimento terapêutico eficaz. Mas a neurociência pode trazer uma resposta com uma evidência muito maior, inclusive dando resultados e motivos através da anatomia do cérebro, por meio das conexões e regiões cerebrais, revelando os problemas das pessoas”, emendou.
Para Fabiano, a neuro é a faceta mais importante em relação à saúde mental.
“Para exemplificar: na anamnese você procura entender a razão de cada comportamento e queixas de uma pessoa, na maioria das vezes relacionados a traumas da infância. Mas a neurociência, através de exames, consegue revelar as conexões do cérebro e os prejuízos nele causados para poder te dar um mapa de opções de problemas do paciente”, detalhou.
Ainda conforme Fabiano, tudo isso facilita também o entendimento de como um profissional pode extrair uma melhor performance de cada pessoa, seja em qual área for.

Sobre Fabiano de Abreu Agrela
Dr. Fabiano de Abreu Agrela é diretor do Centro de Pesquisas e Análises Heráclito (CPAH), Cientista no Hospital Universitário Martin Dockweiler, Chefe do Departamento de Ciências e Tecnologia da Logos University International, Membro ativo da Redilat – La Red de Investigadores Latino-americanos, do comitê científico da Ciência Latina, da Society for Neuroscience, maior sociedade de neurociências do mundo nos Estados Unidos e professor nas universidades; de medicina da UDABOL na Bolívia, Escuela Europea de Negócios na Espanha, FABIC do Brasil e investigador cientista na Universidad Santander de México. Registros profissionais: FENS PT30079 / SFN C-015737 / SBNEC 6028488 / SPSIG 2515/5476.

Press MF Global


Compartilhar