PMA de Bela Vista localiza e autua dona de poodle que o abandonou com olho em putrefação e veterinário realiza voluntariamente cirurgia e recupera o animal que ganhou novo dono

PMA de Bela Vista localiza e autua dona de poodle que o abandonou com olho em putrefação e veterinário realiza voluntariamente cirurgia e recupera o animal que ganhou novo dono

4 de maio de 2021 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Campo Grande (MS) – Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Bela Vista resgatou no dia 28 de abril um cachorro encontrado amarrado em um banheiro fechado no quintal de uma residência, aparentemente há alguns dias, extremamente debilitado, sem água e alimento, com vários ferimentos, inclusive, com um dos olhos em estado de putrefação.

A informação conseguida foi de que o proprietário do animal havia se mudado e o abandonado na residência. A PMA conseguiu levantar informação sobre a possível proprietária e a localizou hoje (4) no assentamento rural Santa Marina, localizado a 45 km da cidade. A mulher assumiu o fato, disse que não era dona do cachorro e que o encontrou em frente à residência e o colocou para dentro do quintal. Negou que tenha o trancando e amarrado dentro do banheiro, porém, mesmo se fosse verdade, o fato de ter ido embora da casa e deixado o animal naquela situação e o prendido no quintal sem alimento e água já caracterizaria maus tratos.

A mulher informou aos Policiais que é semianalfabeta, está desempregada e que, inclusive, não teria nem como pagar o aluguel da casa e, por isso saiu do local. Ela foi qualificada e foi autuada administrativamente e multada em R$ 1.000,00. A infratora também responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena para maus tratos a cães e gatos é de dois a cinco anos de reclusão.

SITUAÇÃO DO CACHORRO

Quanto ao cachorro, graças ao grande coração do médico veterinário Patrick Meira, que cuidou do animal sem cobrar nada da Polícia Militar Ambiental, está agora gozando de boa saúde e já está em novo lar, pois foi adotado por uma jovem de 19 anos, moradora da cidade. O caso do poodle era extremamente grave e houve necessidade de cirurgia para remoção do olho, que estava totalmente infestado por larvas. Depois foram e continuam sendo realizadas limpezas, porém, não há mais risco para o poodle, que poderá levar uma vida normal.

AGRADECIMENTOS

O Comando do Batalhão da Polícia Militar Ambiental aproveita, para em nome do Dr. Patrick Meira, agradecer a todos os médicos veterinários de vários municípios do Estado, que têm ajudado voluntariamente a PMA no tratamento dos animais encontrados em situação de maus-tratos, bem como aqueles vários animais encontrados atropelados em estado grave, colocando recursos próprios, além de colocar seu conhecimento profissional em benefício dos animais.

O FATO (DIVULGADO NO DIA 28 DE ABRIL)

PMA Bela Vista resgata poodle extremante debilitado com órgão já em putrefação ao ser abandonado por morador que teria ido embora da cidade

Campo Grande (MS) – Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Bela Vista foi acionada anonimamente hoje (28) por um morador, que solicitava a possibilidade do resgate de um cachorro que estaria sofrendo maus-tratos, em uma residência no bairro nova Bela Vista, na cidade. A PMA foi ao local rapidamente e verificou que a casa estava fechada. Os Policiais conseguiram informações, de que as pessoas haviam se mudado há cerca de cinco a seis dias do local.

A equipe pulou o muro e encontrou em um banheiro fechado no quintal um cachorro da raça poodle amarrado, aparentemente há alguns dias, extremamente debilitado, sem água e alimento, com vários ferimentos, inclusive, com um dos olhos em estado de putrefação. A informação conseguida no momento, foi a mesma da denúncia, de que o proprietário do animal havia se mudado e o abandonado na residência.

Os Policiais resgataram o cachorro e o levaram para uma clínica particular. As informações são de que as pessoas saíram da casa até sem pagar aluguel e ninguém tinha informação para onde foram. A PMA está tentando identificar o autor, ou autores dos maus tratos ao cão. Assim que localizados, serão autuados administrativamente e multados em R$ 3.000,00. Também responderão por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena para maus tratos a cães e gatos é de dois a cinco anos de reclusão.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Galeria de Imagens: PMA/MS


Compartilhar