“Pode dar zebra”: campeão de Le Mans, brasileiro analisa novo grid da F-1

23 de fevereiro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

A Fórmula 1 vai iniciar os testes de pré-temporada a partir desta quarta-feira (23), naquela que será a primeira oportunidade de vermos em ação os carros projetados para o campeonato de 2022. As atividades marcadas para o Circuito de Barcelona, na Espanha, contarão com todas as dez equipes, em que pese a Alfa Romeo não apresentar o modelo para o campeonato deste ano antes do início dos treinamentos.
A bateria de testes não contará com transmissão por nenhuma plataforma, o que aumenta a curiosidade de todos, já que a temporada será marcada por um novo regulamento técnico que será adotado a partir deste ano. Para André Negrão, campeão de Le Mans e piloto da Alpine no Mundial de Endurance, isso poderá mexer com as forças da mais popular categoria do automobilismo mundial.
“Um novo regulamento técnico sempre causa alguma mudança na ordem de forças em qualquer campeonato do automobilismo. É a hora que pode dar zebra e na Fórmula 1 não deverá ser diferente. Mas as equipes com mais recursos sempre terão vantagens em relação aos times que andam atrás, que jogam suas esperanças na criatividade de projetar um carro que seja excepcional, já que todos partirão do zero no novo regulamento. Esse campeonato vai ser dos mais interessantes”, disse Negrão.
Abaixo, André analisa todos os 20 pilotos do grid de 2022 e prevê o que cada um deverá apresentar na nova temporada, que terá início no dia 20 de março, com o Grande Prêmio do Bahrein, em Sakhir. Confira:

Mercedes
Lewis Hamilton
Idade: 37 anos
Melhor resultado em corrida: vitória (103 vezes)
Melhor resultado em campeonato: campeão (sete vezes)
GPs: 288
É lógico que Hamilton vai ser mais uma vez um candidato ao título. Não acredito que a Mercedes deixará se ser competitiva com o novo regulamento – um ou outro escorregão é normal. Em 2021, Hamilton cometeu alguns erros incomuns para o seu padrão, mas também entregou pilotagens magníficas. Vai vir com tudo para dar o troco em Verstappen.

George Russell
Idade: 24 anos
Melhor resultado em corrida: segundo (uma vez)
Melhor resultado em campeonato: 15º (2021)
GPs: 60
Russell foi muito bem na Williams nos últimos anos. Em 2021, arrancou performances espetaculares do FW43B. Por isso, merece a chance de defender a Mercedes. E seu desempenho em 2022 é uma das coisas mais aguardadas nos bastidores da F-1. Vai fazer um papel melhor que o de Valtteri Bottas? Essa é a pergunta de um milhão de dólares.


Red Bull
Max Verstappen
Idade: 24 anos
Melhor resultado em corrida: vitória (20 vezes)
Melhor resultado em campeonato: campeão (2021)
GPs: 141
Verstappen cumpriu o que vinha prometendo: com um carro competitivo, lutaria pelo título. E como lutou: sempre levou tudo (carro, equipe, pneus, motor, o que fosse) ao limite extremo. E há quem diga que passou desses limites em alguns momentos. Mas é um piloto brilhante. Foi campeão. E agora chegou a sua vez de ser a caça. Terá que defender o título de um inconformado Lewis Hamilton. Que briga…

Sergio Pérez
Idade: 32 anos
Melhor resultado em corrida: vitória (duas vezes)
Melhor resultado em campeonato: quarto (duas vezes)
GPs: 213
Perez se mostrou um segundo piloto ideal para a Red Bull. Cometeu erros, mas teve momentos de muita luz. Ele não anda tão próximo de Verstappen, mas consegue rivalizar com os adversários e somar pontos para o Mundial de Construtores. Se dominar a ansiedade que tem de superar Max, vai ser forte.

Ferrari
Charles Leclerc
Idade: 24 anos
Melhor resultado em corrida: vitória (2 vezes)
Melhor resultado em campeonato: quarto (2019)
GPs: 80
Leclerc é um piloto exuberante que mistura performances de tirar o fôlego nos classificatórios com uma capacidade de buscar resultados importantes nas corridas. A mudança de regulamento pode lhe dar o carro que precisa para lutar efetivamente pelo título – algo que lhe foi negado até agora. Será campeão. Pode não ser agora. Mas é questão de tempo.

Carlos Sainz
Idade: 27 anos
Melhor resultado em corrida: segundo
Melhor resultado em campeonato: quinto (2021)
GPs: 140
Um piloto que não pontua apenas em duas corridas no ano de estreia, como fez em 2021 com a Ferrari, já chega impondo respeito. Chacoalhou a árvore, como dizem por aí, ao terminar o campeonato na frente de Leclerc – o primeiro piloto do time. Com o carro certo, vai fazer um estrago entre os egos inflados lá da frente.

McLaren
Daniel Ricciardo
Idade: 32 anos
Melhor resultado em corrida: vitória (oito vezes)
Melhor resultado em campeonato: terceiro (duas vezes)
GPs: 210
Ricciardo já disputou mais de 200 GPs e até pela sua simpatia é um dos pilotos mais populares do grid. Surgiu na categoria como um possível candidato ao título, mas ainda não transformou isso em realidade total. Teve dificuldade para se adaptar ao carro no ano passado. 2022 pode ser um ano muito significativo para ele. Tem talento. Mas precisa transformá-lo em pódios e vitórias. Torço por ele.

Lando Norris
Idade: 22 anos
Melhor resultado em corrida: segundo
Melhor resultado em campeonato: sexto (2021)
GPs: 60
Norris ofuscou o badalado parceiro Daniel Ricciardo. Mais do que isso, quase venceu na Rússia, depois de largar da pole, mantendo sob controle ninguém menos que Hamilton, que vinha atrás com um carro bem melhor. Passar para o próximo nível depende mais do que a McLaren vai entregar do que do próprio Norris. Olho nele.

Alpine
Fernando Alonso
Idade: 40 anos
Melhor resultado em corrida: vitória (32 vezes)
Melhor resultado em campeonato: campeão (duas vezes)
GPs: 334
Alonso retornou à F-1 no ano passado, aos 40 anos, mas com aquela mesma postura de matador: um cara determinado, raçudo, inteligente e veloz. Como não apostar nele para 2022? Vai fazer outra grande temporada e mais uma vez, pela idade e carreira, pode fazer história na pista.

Esteban Ocon
Idade: 25 anos
Melhor resultado em corrida: vitória (uma vez)
Melhor resultado em campeonato: oitavo (2017)
GPs: 89
Ocon venceu na Hungria em 2021 e é um bom piloto. Quando teve condições, esteve sempre na zona de pontuação. Teve problemas na segunda metade do ano, sim, mas merece a confiança depositada nele pela Renault, que aposta nele para ajudar o time no Mundial de Construtores.

AlphaTauri
Pierre Gasly
Idade: 26 anos
Melhor resultado em corrida: vitória (uma vez)
Melhor resultado em campeonato: sétimo (2019)
GPs: 86
Em 2021, esteve entre os seis melhores no classificatório em 16 corridas e conquistou 110 pontos. O que se deduz é que Gasly foi um piloto confiável, que arrancou o que era possível de seu AlphaTaury. E minha aposta é que vai fazer isso novamente em 2022. É uma estrela pronta para brilhar.

Yuki Tsunoda
Idade: 21 anos
Melhor resultado em corrida: quarto
Melhor resultado em campeonato: 14º (2021)
GPs: 21
Tsunoda chegou na F-1 bem cotado. Começou bem a temporada, mas perdeu desempenho ao longo do ano. Um de seus problemas foi justamente a confiabilidade de Gasly, seu parceiro, enquanto ele cometeu alguns erros que chamaram a atenção negativamente. Na F-1, muitas vezes, imagem é tudo. E ele precisa dar uma polida na sua em 2022.

Aston Martin
Lance Stroll
Idade: 23 anos
Melhor resultado em corrida: terceiro
Melhor resultado em campeonato: 11º (2020)
GPs: 100
Não ajudou o canadense o fato de os carros da equipe terem perdido muito desempenho em 2021. Ele foi superado por seu parceiro, Vettel, mas isso era de se esperar. No entanto, a prática também ensina a pilotar carros de F-1 e Lance tem melhorado. Não espero grandes coisas dele em 2022, mas tem meu voto de confiança de que será mais competitivo do que em 2021.

Sebastian Vettel
Idade: 34 anos
Melhor resultado em corrida: vitória (53 vezes)
Melhor resultado em campeonato: campeão (quatro vezes)
GPs: 279
Vettel é tetracampeão da F-1 e alguém que chegou a esse nível sempre vai ter momentos brilhantes. Tudo bem, sua equipe atual não ajuda muito, mas é nesse contexto que pode surgir aquela performance lendária. Vou ficar de olho nele e acho que, pelo que já fez, Vettel nunca será uma carta fora do baralho. Claro, nas condições atuais, à exceção de um milagre, chance zero de vencer uma corrida.

Williams
Nicholas Latifi
Idade: 26 anos
Melhor resultado em corrida: sétimo
Melhor resultado em campeonato: 17º (2021)
GPs: 39
O canadense teve que se conformar em ser o número dois do time enquanto George Russell esteve por lá. Agora, em 2022, terá a grande chance de se firmar como o piloto líder do time, algo que é natural para alguém que é o “veterano” da equipe.

Alexander Albon
Idade: 25 anos
Melhor resultado em corrida: terceiro
Melhor resultado em campeonato: sétimo (2020)
GPs: 38
Albon está de volta e, por ter nacionalidade tailandesa, apesar de ter nascido em Londres, é uma aposta de diversificação da Fórmula 1 – que olha cada vez mais para o Oriente. É um bom piloto e acho que merecia voltar à categoria, na qual competiu em 2019 e 2020 pela AlphaTauri e Red Bull. Primeira missão: bater Latifi.

Alfa Romeo
GuanYu Zhou
Idade: 22 anos
Estreante
Zhou foi um piloto que esteve na academia da Alpine até o ano passado. Como chinês, ele representa o que pode ser uma revolução para a Fórmula 1: se conseguir se transformar em um ídolo em seu país, pode atrair zilhões de dólares em investimento. Mas, esportivamente, é também uma incógnita. Em março, nós saberemos.

Valtteri Bottas
Idade: 32 anos
Melhor resultado em corrida: vitória (dez vezes)
Melhor resultado em campeonato: vice-campeão (duas vezes)
GPs: 178
Bottas terminou em terceiro no ano passado e era isso o que se esperava dele. Pareceu abatido quando foi confirmada sua saída da Mercedes, mas o novo contrato com a Alfa Romeo parece ter reacendido nele a vontade de competir. Vai contribuir muito para a equipe e não estranhe se merecer grandes elogios de quem até então o vinha criticando por não derrotar mais frequentemente um gênio como Hamilton.

Haas
Mick Schumacher
Idade: 22 anos
Melhor resultado em corrida: 12º
Melhor resultado em campeonato: 19º (2021)
GPs: 22
Schumacher não conseguiu pontuar no ano passado. Seu melhor resultado foi um 12º na Hungria. Mas foi de longe o melhor piloto da Haas e em 2022 tem o status de piloto reserva da Ferrari. Com apenas 22 anos e títulos nas Fórmula 2 e 3, até pelo DNA Mick merece novas oportunidades na F-1. Nunca será como o pai. Mas no futuro pode colocar de volta o nome da família no pódio.

Nikita Mazepin
Idade: 22 anos
Melhor resultado em corrida: 14º
Melhor resultado em campeonato: 21º (2021)
GPs: 21
Mazepin é um piloto que precisa de muito tempo para se adaptar a uma categoria. Foi assim na Fórmula 2. Se é injusto comparar o desempenho dos pilotos da Haas com os de outras equipes, pelo carro ser ruim, a comparação de Mazepin com Schumacher diz que ele ficou devendo. Se a Haas tiver um carro ruim, vai sofrer.

Best Pr,.


Compartilhar