Polícia Militar Ambiental de Aquidauana prende infrator por porte ilegal de arma de caça e também o autua em R$ 1 mil por uso de motosserra ilegal

Polícia Militar Ambiental de Aquidauana prende infrator por porte ilegal de arma de caça e também o autua em R$ 1 mil por uso de motosserra ilegal

18 de junho de 2021 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Foto: PMA/MS

Campo Grade (MS) – Policiais Militares Ambientais de Aquidauana realizavam trabalhos de orientação sobre os problemas dos incêndios na fase informativa da operação Prolepse, nas propriedades rurais do distrito de Cipolândia, localizado a 70 km da cidade de Aquidauana e, em um sítio, localizado a 3 km do Distrito, perceberam hoje (18) um homem realizando corte de lenha, utilizando uma motosserra, à margem da rodovia MS 345.

Os Policiais foram ao local para verificar a legalidade da exploração e constataram que para a madeira explorada havia licença ambiental obtida pelo proprietário do sítio, porém, o homem de 47 anos, que prestava serviço na retirada da lenha utilizava uma motosserra sem documentação ambiental (LPU – Licença de Porte e Uso), o que se caracteriza como crime. Com ele também foi encontrada uma espingarda calibre 32 municiada com um cartucho e havia mais três munições do mesmo calibre sem documentação. A arma, munições e a motosserra foram apreendidas.

O Infrator, residente no Distrito de Cipolândia, recebeu voz de prisão pelo porte ilegal da arma e munições e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana, onde ele foi autuado em flagrante e saiu depois de pagar fiança de R$ 1.100,00. A pena para este crime é de dois a quatro anos de reclusão.

Pelo uso da motosserra ilegal, o homem foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 1.000,00. O uso de motosserra ilegal é crime ambiental, com pena prevista de três meses a um ano de detenção.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500


Compartilhar