Polícia Militar Ambiental de Cassilândia autua em R$ 5,7 mil infrator detido pela Polícia Militar de Paranaíba com carga ilegal de madeira

22 de fevereiro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Campo Grande (MS) – A Polícia Militar Ambiental de Cassilândia foi acionada por Policiais Militares de Paranaíba, que trabalham na operação Hórus, durante um bloqueio policial realizado na rodovia MS 316, próximo ao Km 3, no município de Inocência, em que um homem de 41 anos, conduzia um caminhão com carga contendo toras, caibros e estacas para cerca de madeira das espécies angico e aroeira, sem quaisquer documentações, nem nota fiscal e nem a documentação ambiental ontem (20) à noite.

A PMA foi ao local e realizou a cubagem da madeira, sendo oito toras e 127 estacas para cerca da espécie aroeira, além de 20 caibros da espécie angico que mediram ao todo 18,2 m³. O material era transportado sem o Documento de Origem Florestal (DOF), que é o documento ambiental para o transporte, beneficiamento e armazenamento de qualquer produto florestal, o que se caracteriza como crime ambiental, bem como infração administrativa, que é julgada pelo órgão ambiental estadual (Imasul).

A Polícia Militar Ambiental apreendeu administrativamente a madeira e a Polícia Militar apreendeu na instância penal. Os Policiais Militares Ambientais autuaram administrativamente o proprietário da carga, aplicando-lhe multa de R$ 5.700,00. Ele também responderá por crime ambiental. A pena para este crime é de seis meses a um ano de detenção.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Fotos: PMA/MS


Compartilhar