Precoce MS cumpre seu papel, e contribui para carne do MS ser reconhecida como a melhor do país

26 de janeiro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Rádio kfernandes 26/janeiro/2022 3:45 pm Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Modelo de política pública, referência para todo Brasil, o programa “Precoce MS” já tem sido usado como exemplo para outros Estados e para outras cadeias produtivas, como a suinocultura, por exemplo.

O programa ainda rendeu a Mato Grosso do Sul o primeiro lugar, na edição 2020, do Prêmio de Boas Práticas do Consórcio Brasil Central. Jaime Verruck, secretário da Semagro, explicou que foram realizadas algumas mudanças dos critérios para o pagamento de incentivos, e que de lá pra cá o “Precoce MS” vem cumprindo o seu papel.

Segundo ele essa redução no tempo de abate, também estimula a sustentabilidade e tecnificação da produção.

Em 2021 o Programa abateu 1.150.189 animais e classificou 950.444 como precoce, pagando R$ 124,68 de incentivo por cabeça.

Em 2022 já foram abatidos 21 mil animais precoces sendo pago R$ R$138,51 por cabeça.

Mato Grosso do Sul tem 22 frigoríficos credenciados para abater animais dentro do Programa Precoce MS. São 805 profissionais habilitados como responsáveis técnicos e 2.592 propriedades rurais cadastradas.

O Precoce MS é operacionalizado pela Semagro, Sefaz e Iagro, com apoio do Ministério da Agricultura e abastecimento (Mapa), Embrapa Gado de Corte, CRMV/MS e CREA/MS, além de outros parceiros.

Katiuscia Fernandes – Subcom

https://jornaldiadia.com.br/26-01-22-carne-ms-portal/


Compartilhar