Riedel: ‘Isenção na conta de luz é alívio para 152 mil famílias carentes de MS’

14 de abril de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Mesmo com reajuste autorizado pela Aneel, milhares de
sul-mato-grossenses serão beneficiados pelo ‘Conta de Luz Zer
o’’

Apesar da decisão da Aneel de reajustar o valor da energia elétrica em
18,16%, milhares de sul-mato-grossenses continuam sendo beneficiados
pelo programa “Energia Social: Conta de Luz Zero”, que paga a conta de
152 mil consumidores.
“A isenção na conta de energia elétrica chegou como um alívio para
aproximadamente 152 mil famílias carentes de Mato Grosso do Sul, e
atende exatamente a população mais vulnerável”, afirmou o pré-candidato
ao Governo do Estado, Eduardo Riedel, que em sua passagem pelas
secretarias de Governo e Infraestrutura teve papel fundamental na
criação e implementação do programa.
Lançado pelo Governo do Estado, sob a batuta de Riedel, em 2021, o
programa inclui as residências que consomem até 220 kWh por mês, tendo
uma faixa em torno de R$ 118,00. “Assim, estendemos a mão para as
famílias mais necessitadas. Muita gente empobreceu nestes anos de
pandemia, e estamos cumprindo nosso papel de prestar assistência a essas
famílias mais vulneráveis, pagando as contas de luz, 100% custeadas pelo
Governo do Estado, tanto a energia quanto os tributos PIS, Cofins e
Cosip”, disse o pré-candidato.
Para serem contempladas as famílias devem estar inscritas no Cadastro
Único (Cadúnico) do Governo Federal e já serem beneficiadas com a
“Tarifa Social”. As famílias contempladas não precisarão pagar a tarifa
de energia elétrica pelos próximos 14 meses e a medida por ser estendida
pelo mesmo período.
RESULTADOS
Uma das beneficiadas foi a dona Maria de Fátima Lopes, de 62 anos, que
mora em um barraco de madeira no Jardim Noroeste. Na luta para conseguir
a aposentadoria e portadora de diabetes, a idosa faz o que pode para
pagar as contas de casa e comprar alimento. “Preciso muito [do
benefício], só tenho Deus na minha vida! Não tenho filho para me ajudar,
ninguém! Em casa está faltando arroz, feijão, óleo. Se não fosse essa
ajuda, não sei como seria”, relatou.
O sorriso estampado no rosto dos beneficiários mostra o quanto estão
agradecidos pelo benefício. É o caso da dona de casa Elisangela Ribeiro,
de 35 anos, que mora no Jardim Noroeste. Ela precisou parcelar a conta
de luz, da fatura anterior, por não ter condições financeiras para
pagar. “Está sendo bem difícil, só com o meu esposo trabalhando, e
graças a Deus fomos contemplados com esses dois programas”, disse,
referindo-se aos programas sociais “Mais Social” e “Energia Social –
Conta de Luz Zero”, lançados no final do ano passado pelo Governo do
Estado sob a batuta de Riedel.
Elisangela ficou surpresa com a isenção da fatura atual. Ela só vai
precisar pagar o parcelamento, de R$ 30, que não entra no programa.
Agora, com aproximadamente R$ 100 a mais no orçamento, oriundo da
economia na conta de luz, dona Elisangela pensa em ajudar ainda mais o
esposo, que é jardineiro, nas necessidades do trabalho e nas compras de
casa.
Moradora do bairro Leon Denizart Conte, a dona de casa Maria José Esteca
Chaves não sabia o que fazer para pagar a conta de luz. “Ficamos muito
felizes com a isenção na conta de luz, nesse momento tão difícil de
pandemia, sem emprego há três anos. Agradeço por tudo o que o Governo do
Estado está fazendo por nós”, afirmou.
Maria José disse ainda que já tem para onde direcionar o dinheiro extra
da conta de luz. Diabética e com o esposo com sequelas de um acidente, a
dona de casa pensa em comprar remédios e, o que sobrar, alimentos. “Vai
me ajudar a compra os remédios e a comprar mistura, uma carne. Aqui em
casa a gente consome mais frango e ovos por causa do preço alto da
carne”, disse.

Foto: Saul Schramm

Divulgação


Compartilhar