Rota apresenta novo armamento em comemoração aos seus 53 anos

Rota apresenta novo armamento em comemoração aos seus 53 anos

16 de outubro de 2023 Off Por Marco Murilo Oliveira
Compartilhar

Solenidade contou com presença do secretário de Segurança Pública, Guilherme Derrite, e do governador Tarcísio de Freitas

As Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) apresentaram ao público, nesta segunda-feira (16), o novo armamento que está equipando os pelotões do 1º Batalhão de Policiamento de Choque (BPChq). A demonstração foi feita durante as comemorações do aniversário de 53 anos da Rota.

Os armamentos foram adquiridos neste ano e já estão em uso pelos policiais militares do batalhão. A Metralhadora Leve Negev 762 equipa todos os pelotões no patrulhamento tático diário.

Também foram adquiridos fuzis FN Scar 762 que dispõem de mira optrônica e abafador de som. O armamento é utilizado somente pelo atirador designado, um policial responsável por observar e fazer a segurança durante a operação do pelotão de Rota. Por meio da comunicação via rádio, o PM monitora toda movimentação da operação no terreno. Caso haja um perigo, ele pode efetuar um disparo de segurança para evitar expor o pelotão durante as ações.

“São armamentos específicos para nossa atividade e combate ao crime ultraviolento. Com a evolução do patrulhamento tático, o atirador designado e operador de metralhadora leve vieram em um momento certo para apoiar a Polícia Militar na segurança pública”, afirmou o tenente-coronel Leonardo Takahashi, comandante da Rota.

Público acompanhou evento

O 1º Batalhão de Policiamento de Choque recebeu um grande público para celebrar os 53 anos da Rota. O evento contou com a participação do secretário da Segurança Pública, Guilherme Derrite, e do governador de São Paulo, Tarcisio de Freitas.

“Desde o início da nossa gestão, dentro dos limites da lei, como tem que ser, foram desenvolvidas ações efetivas de combate ao crime organizado, em especial, da tropa que é a maior especialista no mundo em patrulhamento tático urbano, que é a Rota”, destacou o secretário Guilherme Derrite.

Personalidades civis e autoridades foram homenageadas no evento com a entrega de 56 medalhas das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar. Entre elas, estavam o governador Tarcísio de Freitas, o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Ricardo Anafe, e o presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado André do Prado.

“Existem algumas unidades que ganham alma, que desenvolvem espírito, a gente sente a energia diferente quando está presente, e a Rota é uma delas. É uma unidade que transborda excelência e é por isso que a sociedade de São Paulo confia muito nos profissionais que aqui estão”, disse o governador Tarcísio de Freitas.

Na Galeria dos Eternos Comandantes, foram inaugurados os retratos do coronel Fábio Sérgio do Amaral e do tenente-coronel Rogério Nery Machado, ex-comandantes da Rota.

“Os senhores têm, nessa tropa, uma tropa aguerrida, uma tropa leal, sobretudo, uma tropa que sabe exatamente o seu papel no Estado de São Paulo, e podemos dizer que a população dorme tranquila por conta dessa honra que vocês têm”, afirmou o comandante da Polícia Militar de São Paulo, coronel Cássio Araújo de Freitas.

Homenagem ao soldado Patrick Reis

O soldado da Rota Patrick Bastos Reis, morto em julho por criminosos durante um patrulhamento no Guarujá, foi lembrado e homenageado durante o evento de aniversário da corporação.

O secretário Guilherme Derrite destacou o trabalho de toda Polícia Militar e Civil, em especial, da tropa de Rota, que durante 40 dias ficou na Baixada Santista combatendo o crime organizado em uma pronta resposta ao ataque sofrido pelos policiais por meio da Operação Escudo.

“Celebrar o aniversário da Rota é celebrar nossos heróis do passado. É reverenciar a memória do nosso último grande herói, morto covardemente no Guarujá cumprindo sua missão”, lembrou o governador Tarcísio de Freitas.

A soldado Vitória Reis, mulher do soldado Patrick Reis, participou da cerimônia. Ela ficou emocionada em voltar ao batalhão. “Ver todas as homenagens que meu marido recebeu só me mostra como ele era grande, e eu sei da grandeza dele”, disse.

Governo de São Paulo


Compartilhar