SINAL desmente a informação de que os servidores do Banco Central apoiam a PEC 65/2023

SINAL desmente a informação de que os servidores do Banco Central apoiam a PEC 65/2023

4 de junho de 2024 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Comunicado à Imprensa

Brasília, 4 de junho de 2024 – O Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (SINAL) vem a público corrigir a declaração equivocada feita pelo Senador Vanderlan Cardoso (PSD/GO) durante a sessão deliberativa da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) desta terça-feira, 4.6.2024.

O senador afirmou que 90% dos servidores do Banco Central do Brasil (BCB) apoiam a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 65/2023, que visa transformar o Banco Central em uma empresa pública de caráter especial.

Esclarecimento sobre a Representação dos Servidores

O SINAL, como sindicato oficial e representante legítimo dos servidores do Banco Central, único no BC com carta sindical reconhecida, realizou uma consulta formal à categoria.

Os resultados dessa consulta indicam que 74% dos servidores se manifestaram contrários à PEC 65/2023. Portanto, a afirmação do senador de que 90% dos servidores apoiam a proposta é equivocada e não reflete a realidade.

Continuidade da Campanha Contra a PEC 65/2023

O SINAL reafirma seu compromisso em continuar esclarecendo a categoria e a sociedade sobre os impactos negativos da PEC 65/2023.

A proposta, que altera o regime jurídico do Banco Central, pode comprometer a autonomia e a estabilidade dos servidores, além de afetar a condução das políticas monetária e cambial do país.

Ações Futuras

O SINAL continuará a campanha contra a PEC 65/2023, promovendo debates, esclarecimentos e mobilizações para garantir que os interesses dos servidores e da instituição sejam preservados.

Reiteramos a importância de uma discussão ampla e transparente sobre o tema, envolvendo todos os stakeholders e considerando as reais necessidades e preocupações dos servidores do Banco Central.

Sobre o SINAL: O Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (SINAL) é a entidade representativa dos servidores do Banco Central do Brasil, com atuação em defesa dos direitos e interesses da categoria.

Fundado em 1989, o SINAL possui carta sindical e é reconhecido como o legítimo representante dos servidores do BCB, com mais de 5 mil filiados.

Fábio FaiadPresidente Nacional do SINAL

Contato para a imprensa:Umberto de Campos – Jornalista Telefone/WhatsApp: (61) 99678-0708E-mail: umberto_10@hotmail.com


Compartilhar