TRÁFICO DE DROGAS PRF e DENAR interceptam duas quadrilhas com 5,4 toneladas de maconha e onze veículos após ações conjuntas no Mato Grosso do Sul

17 de fevereiro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Integrantes de duas quadrilhas que atuavam no tráfico de drogas no estado foram presos e um prejuízo em mais de 11,8 milhões de reais foi causado ao crime organizado

Fotos: PRF/MS

Publicado em 16/02/2022 15h04 Atualizado em 16/02/2022 15h22

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (DENAR/PC-MS) realizaram duas ações conjuntas no Mato Grosso do Sul e prenderam 14 pessoas de duas quadrilhas, apreenderam 5.483 Kg de maconha e onze veículos.

Na primeira ocorrência, durante a manhã de segunda-feira (14), a PRF e a Polícia Civil realizavam fiscalização próximo a Ribas do Rio Pardo (MS), quando encontraram duas caminhonetes, uma Chevrolet/S10 e uma Ford/F-4000, estacionadas às margens da rodovia devido a problemas mecânicos na S10. 

Durante a abordagem, os policiais desconfiaram do nervosismo apresentado pelos quatro suspeitos no local, dois ocupantes da S10 e os outros dois da F-4000, estes que realizavam o conserto da primeira caminhonete. Durante buscas no local, as equipes encontraram um caminho entre a vegetação que levava a vários fardos de maconhas escondidos.

Os ocupantes da S10 confessaram a posse do ilícito e foram presos, juntamente com os outros envolvidos. Dando sequência a ocorrências, os policiais também conseguiram localizar os batedores da maconha, entre eles o chefe da quadrilha que estava em Campo Grande (MS), mais três pessoas foram identificadas e presas. 

Já na segunda operação conjunta, na tarde de terça-feira (15), policiais rodoviários federais e policiais civis da DENAR/MS foram até um bairro em Campo Grande (MS), onde localizaram uma funilaria de fachada que funcionava como entreposto de maconha. No local, foram apreendidos 5.266 Kg do ilícito, oito veículos, sendo três com ocorrência de roubo/furto recuperados e mais sete de outra quadrilha foram presas. 

As duas ocorrências são resultados das Operações Guaias e Unitatem, da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil, que continuarão atuando em conjunto visando resultados positivos para a segurança pública do Mato Grosso do Sul.

Categoria Justiça e Segurança


Compartilhar