Transformação digital da educação: o poder da tecnologia nos estudos

15 de fevereiro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Especialista explica que acessibilidade, interatividade e personalização são mudanças positivas e necessárias no âmbito educacional

Fevereiro de 2022 – A revolução digital está cada vez mais inserida no dia a dia das pessoas, com a internet sendo acessada em mais de 80% dos domicílios brasileiros. É isso que mostra a pesquisa TIC Domicílios, realizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br). O levantamento mostra que o setor educacional junto com entretenimento, foram os que mais cresceram no período pesquisado.

Desde os educadores até os alunos, a transformação digital tem mudado as tradicionais dinâmicas das salas de aula. Roberto Moreno, Diretor Pedagógico da BYJU’S FutureSchool, maior edtech do mundo em educação interativa online, explica que a transformação digital na educação significa digitalizar produtos, processos e serviços para melhorar a experiência de ensino e aprendizagem para todos os envolvidos. “Mesmo antes da pandemia, o setor educacional estava em processo de transformação digital e, durante esse período de isolamento social, essa transformação foi acelerada. A tecnologia vem mudando a forma de aprender”, afirma. 

Acessibilidade
Moreno explica que as tecnologias permitem que os alunos acessem os recursos de aprendizagem de forma mais fácil do que a educação tradicional. “Pessoas de todo o mundo, de todas as idades e com diferentes níveis socioeconômicos agora podem acessar as aulas por meio da internet. Além disso, temos disponíveis plataformas online que auxiliam na conversão de texto, quebrando barreiras para alunos com necessidades especiais de aprendizagem”, ressalta.

Aprendizagem interativa
Com aulas em vídeos, gameficação e testes interativos, os diferentes formatos de ensino conseguem alcançar e engajar um maior número de alunos por diferentes assuntos, como estudo de uma nova língua ou programação. “Muitos desses modelos foram inicialmente utilizados como forma de entretenimento, mas hoje chamam atenção pelo seu potencial no ensino”, comenta Roberto.

Ensino personalizado
O ensino personalizado ou adaptado, permite que cada aluno aprenda da sua própria maneira. “Criar soluções personalizadas também tem sido um importante componente da revolução da educação digital. Pais e educadores começam a perceber o valor de oferecer soluções adaptáveis para os pequenos levando em conta suas potencialidades. Esse modelo de estudo apresenta diversos benefícios que ajudam a absorver e reter melhor as informações, além de fazer com que o aluno se sinta envolvido nos estudos”, finaliza o executivo.

Sobre a BYJU’S FutureSchool 
A BYJU’S FutureSchool é uma plataforma de educação interativa, que, no Brasil oferece aulas de programação e música com uma metodologia desenvolvida especialmente para crianças e adolescentes dos 6 aos 15 anos, em que os alunos terão a possibilidade de interagir com professoras capacitadas, em aulas individuais ou em pequenos grupos. Muito além de ensinar lógica de programação para as crianças, a BYJU’S FutureSchool tem como objetivo fazer com que seus alunos sejam criadores e aprimorem o raciocínio lógico,desenvolvendo habilidades complementares que os capacitem a lidar com os desafios do presente e do futuro.

VCRP Brasil


Compartilhar