Beleza e harmonia desfilam na pista do campeonato dos búfalos

Beleza e harmonia desfilam na pista do campeonato dos búfalos

2 de setembro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Competição entre criadores marca a revelação dos melhores das raças bubalinas

Animais enquadrados nos padrões das raças, com grande expressão e potencial genético. Ah, e além de tudo, lindos. Essas foram as expressões predominantes dos jurados que julgaram duas raças de búfalo na tarde desta quarta-feira, 31 de agosto, na 45ª Expointer. O concurso teve a participação de 16 animais – 10 da raça Mediterrâneo, todos machos, e seis da raça Murrah, entre eles uma fêmea. O grande campeão da raça Murrah foi o touro sênior box 1847, da Cabanha Herdade, de Gravataí(RS). Já na raça Mediterrâneo, o vencedor foi o touro jovem 1846, da Cabanha Panorama, de Camaquã (RS).

Para a presidente da Associação Sulina de Criadores de Búfalos (Ascribu), Desireé Möller, os julgamentos foram um sucesso, pois demonstram a busca dos produtores pelo aprimoramento das raças. “Ver esses animais gerando filhos com excelentes padrões de raça aponta para um grande futuro para o búfalo no Estado. Estamos criando animais com muito potencial tanto para carne quanto para leite”, ressalta.

Criado a pasto nativo e apanhado no campo para amansar, o touro campeão da raça Mediterrâneo sintetiza o investimento em genética feito pela Cabanha Panorama. O proprietário, Delfino Barbosa, comemorou a competição com outros proprietários no concurso, o que demonstra o crescimento do búfalo no Rio Grande do Sul e no Brasil. “Já participamos de julgamentos sozinhos, mas não tem graça. Hoje tivemos concorrência, fiquei muito feliz. É emocionante”, destaca.

Já o proprietário do vencedor da raça Murrah, Guilherme Aidos, não conseguiu conter a emoção ao falar de seu touro. Para ele, mais do que vencer a competição, o mais importante é contribuir para o desenvolvimento dos bubalinos de excelência no Rio Grande do Sul. “Foi uma jornada longa desde que trouxemos animais de fora do Estado, um sonho que começou há muito tempo. Hoje já temos produtores apostando nessa genética, fazendo crescer o búfalo na Região Metropolitana”, completa Aidos.

O jurado principal, Jonas Camargo Assumpção, presidente do Conselho Administrativo da Associação Brasileira de Criadores de Búfalo (ABCB), destacou que os animais expressaram de modo satisfatório os padrões das raças, demonstrando o amadurecimento dos criadores e o investimento em genética. “E uma característica marcante foi a beleza. Alguns animais são de colocar em pôster”, comenta.

Foto: Patrícia Lima/AgroEffective
Texto: Patrícia Lima/AgroEffective

Mais informações sobre a Ascribu

Sitewww.ascribu.com.br
Facebook: www.facebook.com/ascribu

Instagram: @bufalo_ascribu

Agroeffective Com,.


Compartilhar