Marquinhos defende redução da carga tributária e governo mais humano no primeiro debate

Marquinhos defende redução da carga tributária e governo mais humano no primeiro debate

7 de setembro de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

O candidato ao Governo do Estado pela Coligação Muda MS, Marquinhos Trad, defendeu justiça social e um governo mais humano no primeiro debate das eleições de 2022, realizado pela Morena FM e o Portal Primeira Página.

“Está na hora de uma mudança, de uma mudança de verdade, com experiência administrativa, com alguém de vida limpa, ficha limpa, que tenha coração e pense igual a você”, declarou Marquinhos.

O candidato do PSD questionou a alta carga tributária praticada em Mato Grosso do Sul; lamentou o tratamento desigual na educação, onde  professores convocados recebem menos do que concursados para mesma função na atual gestão e lamentou o baixo investimento em segurança pública.

“Mato Grosso do Sul deveria ter 9.616 policiais, mas tem 4.800. Fecharam os postos da polícia comunitária e não investiram em tecnologia e inteligência. Vamos fazer diferente, porque já fizemos em Campo Grande. Criamos o Plano de Cargos e Salários para a Guarda Municipal, renovamos toda a frota, valorizamos o ser humano e assim vamos fazer em Mato Grosso do Sul. Não tem como valorizar a segurança deixando o servidor sem reajuste ou reposição inflacionária. Vocês sabem do que estou falando. São anos e anos sem sequer reposição inflacionária.Deixaram de olhar as pessoas. Isso não é um governo justo”, criticou.

Marquinhos também destacou a gestão de sucesso em Campo Grande no setor de habitação,  com 2.800 casas entregues e 2.200 em conclusão; a regularização fundiária para mais de cinco mil famílias; falou do enfrentamento à pandemia, quando não se acovardou; e reafirmou o compromisso de uma gestão que prioriza as pessoas, principalmente que mais precisam das políticas públicas.

“Um Governo humano foca nas pessoas. Construir um governo justo é construir uma política tributária justa. Temos que rever a política da substituição tributária, o IPVA, Fundersul, uma tarefa do próximo governador”, defendeu.

Marquinhos Trad


Compartilhar