Estância da Gruta destaca os ganhos com o uso da genômica na raça Montana

Estância da Gruta destaca os ganhos com o uso da genômica na raça Montana

5 de agosto de 2022 Off Por Ray Santos
Compartilhar

Com sede na cidade gaúcha de Capão do Leão, a Estância da Gruta vem obtendo excelentes resultados na seleção do gado Montana, contribuindo para isso os serviços oferecidos pela Associação Internacional de Criadores de Montana (AIC-MTN).

“Destaco, por exemplo, a alta confiabilidade das informações geradas pelos profissionais da USP/Pirassununga (SP). Definitivamente, a genômica oferece ao nosso criatório acurácia superior nos dados oriundos das avaliações genéticas”, assinala a criadora Anna Luiza Sampaio, representante da sexta geração que administra a estância.

“A parceria com a AIC-MTN rende ótimos resultados ao negócio. Nossa seleção é 100% baseada na competente avaliação genética do rebanho feita pela Universidade de São Paulo. São profissionais de renome no mercado da pecuária, nos quais confiamos desde o início e não nos decepcionam. O gado da Estância da Gruta evolui de forma gradativa, graças ao rigor com que encaramos e utilizamos as informações que recebemos”, afirma Anna Luiza.

A criadora destaca a genômica como um grande diferencial no projeto de melhoramento genético oferecido pela entidade. Ela cita que “entre os principais dados técnicos gerados, a safra 2021/2022 desmamou com 238,5kg em média, com taxa de prenhez das fêmeas girando em torno de 89%”.

Ela reforça que a genômica contribui para o aumento da acurácia dos jovens reprodutores, contribuindo para o sucesso do programa de seleção. “Como não possuem muitos descendentes, os touros jovens possuem menor acurácia (cerca de 20%). A genômica eleva esse percentual em mais de 50%. É uma ferramenta muito útil”.

Superintendente técnica da AIC-MTN, Gabriela Giacomini, destaca a importância da acurácia para a seleção mais assertiva. “Quanto mais certeza o selecionador tem em relação às informações fornecidas, maior a probabilidade de acerto e menores os riscos para o projeto a médio prazo”.

Além do uso da genômica, uma das principais ferramentas de seleção da atualidade na pecuária, a AIC-MTN proporciona intensa troca de experiência entre os criadores de várias partes do país, além de assessoria dos melhores geneticistas, acasalamento dirigido e produção de reprodutores com CEIP, chancela do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para animais com genética superior.

Anna Luiza ressalta que o principal motivo de a Estância da Gruta ser parceira da associação é “conhecer o potencial produtivo do gado Montana. Com a entidade, podemos colaborar com ações de promoção, nos aliando a outros criadores e expandindo a raça para outros estados e até países”.

Graziele Oliveira
 (+55) 11 3039-4100    (+55) 11 99488-8829
 www.textoassessoria.com.br     graziele@textoassessoria.com.br

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é logotextos.png

Compartilhar